Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/09/2005 - 10h31

Goleiro Higuita faz plástica em "Extreme Makeover" colombiano

Publicidade

da France Presse

O ex-goleiro da seleção colombiana de futebol, René Higuita, que sempre admitiu ser "muito feio", passou por uma transformação física depois de se submeter a cinco cirurgias plásticas para o "reality show" "Cambio Extremo" (versão colombiana do programa "Extreme Makeover"). Ele agora diz que quer voltar ao futebol e apresentar um programa de TV como o do ex-craque argentino Diego Maradona.

Em meio a grande expectativa do público colombiano, Higuita revelou sua nova aparência, depois que o cirurgião plástico Ernesto Andrade fez uma mudança "de 80%", segundo declarações do médico.

EFE
Goleiro fez diversas plásticas
Goleiro fez diversas plásticas
Higuita, de 39 anos, teve o nariz afilado e as pálpebras delineadas. No queixo, foi injetado silicone e ele teve desenhado um novo sorriso. Além disso, gordura foi enxertada nas maçãs do rosto e as manchas na face, assim como um sinal proeminente, desapareceram após um procedimento com laser.

A transformação, realizada em uma clínica particular da capital colombiana, Bogotá, contou, ainda com o corte e tratamento da famosa cabeleira do jogador, além de lipoaspiração e definição com bisturi dos músculos do abdômen.

"Estou feliz com o que vejo no espelho", disse o ex-jogador, usando roupas do estilista colombiano Angel Yáñez, no programa "Cambio Extremo", que milhões de colombianos acompanharam pela televisão.

"Aprendi a viver sendo feio, por isso vou continuar o mesmo. O fato de terem me mudado um pouco não me afeta em nada como pessoa", acrescentou, manifestando o desejo de voltar ao futebol profissional.

Retorno

Segundo Higuita, graças a um extenuante trabalho físico, está pronto para voltar aos gramados. Ele disse ter recebido ofertas de várias equipes, como o Aucas do Equador, de onde foi excluído no ano passado após se submeter a um antidoping que deu positivo para cocaína.

Enquanto isso, o ex-goleiro --que gerou polêmica em 1991 quando foi à prisão visitar Pablo Escobar, ex-chefão do cartel de Medellín, de quem admitiu ser amigo-- treinará com a equipe colombiana Deportivo Rionegro.

Ele também se disse disposto a seguir o exemplo do argentino Diego Armado Maradona, apresentador do programa "La Noche del Diez".

"Agora que fizemos bons contatos com o Canal RCN --que produz o "reality show"--, se tiver a oportunidade de ter um grande programa como esse, tenha certeza de que o farei", disse. Desde que deixou o futebol, Higuita já foi protagonista de dois "reality shows" na Colômbia.

A nova aparência de Higuita era esperada com grande expectativa pelos telespectadores colombianos, mas também por parentes e amigos do ex-goleiro. Entre as pessoas que estavam ansiosas para conhecer o "novo René" estavam o ex-técnico das seleções de Colômbia e Ecuador, Hernán Darío "Bolillo" Gómez.

No programa também foram exibidas mensagens de apoio ao ex-goleiro, como do goleiro paraguaio José Luis Chilaver --que lhe desejou "sorte com seu novo 'look'"-- e do atacante camaronês Roger Milla, que fez o gol da eliminação da Colômbia na Copa do Mundo da Itália, em 1990.

Higuita participou do Mundial da Itália e se caracterizou por jogar como um goleiro-líbero. Em 1995, consagrou-se durante partida entre a Colômbia e a Inglaterra no estádio Wembley, ao fazer a famosa defesa "escorpião", em que tirou a bola da trajetória do gol com os dois pés, mergulhando no gramado.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre René Higuita
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página