Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/05/2006 - 12h59

"Playboy" elege 25 romances mais picantes da história

Publicidade

da Folha Online

Uma lista realizada pelo site da "Playboy" norte-americana elegeu as 25 obras mais sexy da história da literatura. Segundo o portal, a idéia é resgatar "o verdadeiro poder da tinta e do papel de abalar nossas mentes num mundo bombardeado por imagens sexualizadas".

O ranking é encabeçado pelo autor britânico John Cleland, com "Memórias de uma Mulher de Prazer - Fanny Hill". Trata-se de um clássico da literatura do século 18 que conta a história de uma prostituta que ascende socialmente e se torna respeitada em seu meio.

Henry Miller aparece na terceira colocação, com "Trópico de Câncer", primeiro livro da trilogia pós-guerra do autor. Miller foi censurado em muitos países e considerado "pornográfico" por seus contemporâneos.

"Lolita", do mestre russo Vladimir Nabokov, ficou com a 11ª pósição. A obra criou a imagem da ninfeta, personagem que persegue e é perseguida pelo protagonista da história.

A lista deixa de fora escritores tidos como precursores deste tipo de literatura, como Proust e Sade, mas abre espaço para novos nomes, como o do japonês Haruki Murakami e da britânica Helen Walsh.

Veja abaixo o ranking:

1. "Memórias de uma Mulher de Prazer - Fanny Hill", de J. Cleland (1748- 49)
2. "O Amante de Lady Chatterly", de D. H. Lawrence (1928)
3. "Trópico de Câncer", de Henry Miller (1934)
4. "História de O", de Pauline Reage (1954)
5. "Crash", de J.G Ballard (1973)
6. "Entrevista com o Vampiro", de Anne Rice (1976)
7. "O complexo de Portnoy", de Philip Roth (1969)
8. "O Mago", de John Fowles (1965)
9. "The Wind-Up Bird Chronicle", de Haruki Murakami (1995)
10. "Amor Sem Fim", de Scott Spencer (1979)
11. "Lolita", de Vladimir Nabokov (1955)
12. "Carrie's Story", de Molly Weatherfield (1995)
13. "Medo de Voar", de Erica Jong (1973)
14. "Peyton Place", de Grace Metalious (1956)
15. "História do Olho", de Georges Bataille (1928)
16. "O Fim de Alice", de A.M. Homes (1996)
17. "Vox", de Nicholson Baker (1992)
18. "Rapture", de Susan Minot (2002)
19. "Prazeres Singulares", de Harry Mathews (1983)
20. "Em Carne Viva", de Susanna Moore (1995)
21. "Brass", de Helen Walsh (2004)
22. "Candy", de Terry Southern and Mason Hoffenberg (1958)
23. "Forever", by Judy Blume (1975)
24. "Um Sonho Americano", de Norman Mailer (1965)
25. "O Carpetbaggers", de Harold Robbins (1961)

Leia mais
  • FHC desbanca Bruna Surfistinha no ranking de livros
  • Livro espírita marcou minha vida, diz Bruna Surfistinha
  • Bruna Surfistinha ganha reportagem do "NY Times"

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre literatura erótica
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Ford Fiesta Ford Fiesta Confira aqui! A partir de R$ 15.749

    Notebook Notebook LED, HDMI e USB, a partir de 14x de R$ 62,23

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página