Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/11/2006 - 22h29

André Almada faz boate gay virar referência na noite de SP

Publicidade

SÉRGIO RIPARDO
Editor de Ilustrada da Folha Online

O empresário André Almada comanda a The Week, casa noturna que funciona na Lapa (zona oeste de São Paulo) desde setembro de 2004. É um dos destinos preferidos dos gays de maior poder aquisitivo, principalmente no sábado, dia da festa "Babylon" (nome inspirado na boate homônima da série gay "Os Assumidos").

O clube tenta driblar o rótulo de "gueto". Hoje é mais identificado como um "point mix descolado", que atrai também público heterossexual e até celebridades, com direito a registros em revistas e colunas sociais. A The Week apostou também na internet --por meio de seu site, é possível colocar nome em listas de entrada, acabando com o risco de alguém ser barrado.

Os eventos promovidos na casa ganham projeção na mídia. Em junho deste ano, por exemplo, a The Week foi palco para o show da dupla belga Vive la Fête, grife que provoca burburinho nas tribos moderninhas. Neste sábado (11), o clube vai sediar a festa oficial do festival Mix Brasil.

Com o sucesso de público da The Week, outras boates abriram na cidade, de olho no lucro do chamado "mercado cor-de-rosa", como a G Club, a Lust e a Freak Club --essa última do "ex-rei da noite gay" Sergio Kalil, que também pretendia inaugurar a Central Club no largo Paissandu, mas o projeto sofreu inúmeros adiamentos. Tanto G, Lust e Freak já fecharam.

Hoje, o empresário virou uma celebridade. Recebe convites para entrevistas na TV. Em agosto, ele contou a Lobão, Marcelo Tas e Mariana Weickert, do programa 'Saca-Rolha' (PlayTV), sobre um o tumulto causado na casa por Daniella Cicarelli após disparar o extintor de incêndio na pista de dança. Almada também abriu um restaurante GLS na r. da Consolação n° 2.967, o Mercadinho.

A The Week chega a receber mais de 5.000 pessoas nos finais de semana mais badalados. Antes de comandar o clube, Almada trabalhou na área de turismo e assessorou a "São Paulo Fashion Week". Ele tem 50% do negócio. A outra metade é de seu ex Klaus Ebone, que abriu o clube Fábrica 5 em sociedade com Gugu Liberato e Miguel Falabella. No ano passado, o site da revista "G Magazine" publicou uma fotografia de Almada ao lado de seu namorado.

André AlmadaAndré FischerCelso KamuraClodovilClovis CasemiroDavid BrazilGilberto BragaLuiz MottSilvetty MontillaCarlos Tufvesson

Leia mais
  • Lista revela os 10 gays mais poderosos do Brasil

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre destaques GLS
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página