Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/11/2006 - 20h14

Britney Spears pede divórcio de Kevin Federline

Publicidade

da Folha Online

A cantora Britney Spears, 24, apresentou um pedido de divórcio de Kevin Federline, 28, pai de seus dois filhos, revelaram nesta terça-feira fontes judiciais.

Alegando "diferenças irreconciliáveis", Britney entrou com a ação de divórcio na Corte Superior de Los Angeles, onde também pede a guarda dos filhos Sean Preston e Jayden James. A cantora de "Baby One More Time" solicitou ainda um regime de visitas para Federline.

AP
Musa pop, Britney Spears ficou famosa após lançar a canção "Baby One More Time"
Musa pop, Britney Spears ficou famosa após lançar a canção "Baby One More Time"
Spears se casou com Kevin Federline em 18 de setembro de 2004, tendo seu primeiro filho um ano mais tarde, em Los Angeles, onde também nasceu a segunda criança, há dois meses.

Federline, um ex-dançarino que tenta atualmente emplacar na música rap, já tem dois filhos de seu primeiro casamento, uma menina de quatro anos e um menino de dois.

Britney Spears ficou famosa em 1999 com "Baby One More Time", e desde então vendeu mais de 60 milhões de cópias. Ela se afastou do meio musical para se dedicar à família após o nascimento de Sean.

De acordo com fontes citadas pelo site TMZ.com, o casal tinha um contrato pré-nupcial e pediu à Justiça que cada parte assuma os próprios gastos com advogado. A estrela contratou os serviços da advogada Laura Wasser, especialista em divórcio de celebridades, entre eles o de Angelina Jolie, Nick Lachey e Kiefer Sutherland.

Com informações da France Presse

Leia mais
  • Segundo filho de Britney Spears se chama Jayden James
  • Metrô de Tóquio veta imagem de Britney nua e grávida
  • Marido de Britney Spears estréia como "rapper" na TV
  • Britney Spears diz que 2ª gravidez foi acidental

    Especial
  • Leia tudo o que já foi publicado sobre Britney Spears
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página