Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/12/2006 - 14h22

Escultura de Brecheret achada em cemitério chega à Pinacoteca na 4ª

Publicidade

da Folha Online

A escultura de Victor Brecheret (1894-1955) "Musa Impassível", descoberta no cemitério do Araçá, zona oeste de São Paulo, começa hoje a ser embalada para ser transferida, nesta quarta-feira (13), para a Pinacoteca do Estado de São Paulo.

"Musa Impassível" fazia parte do túmulo da poeta parnasiana Francisca Júlia da Silva (1871-1920) e foi descoberta há 15 anos pela filha do artista, Sandra Brecheret Pellegrini. No lugar da estátua, no cemitério, ficará uma réplica em bronze.

Vladimir Sacchetta/Cia. da Memória
Escultura "A Musa Impassível"
Escultura "A Musa Impassível"
Por conta do alto custo, a transferência será feita em parceria pela Prefeitura de São Paulo e pelo governo do Estado. Hoje, a transportadora encarregada do trabalho irá montar no local a plataforma que será utilizada para deslocar a obra, que pesa em torno de três toneladas.

A escultura representa o primeiro trabalho tumular de Brecheret. Apesar de sua grande importância para o mundo das artes, está em precário estado de conservação. Ao ar livre, sofreu as conseqüências das variações térmicas e da poluição do trânsito intenso das avenidas próximas ao cemitério.

Quando chegar à Pinacoteca, a "Musa Impassível" passará por um processo de higienização e tratamento museológico antes de ser colocada em exposição. A previsão é que o trabalho de retirada da "Musa" do túmulo até a colocação no caminhão de transporte dure cerca de dez horas.

A escultura foi encomendada pelo deputado e mecenas paulistano José de Freitas Valle (1870-1958) --coincidentemente, um dos fundadores da Pinacoteca-- dias após o sepultamento da poeta e levou três anos para ficar pronta. Francisca Júlia se matou em 1º de novembro de 1920, um dia depois da morte do marido.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Victor Brecheret
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página