Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/02/2003 - 10h09

Veja dicas para uso de imagens em JPG ou TIF

JOSE ANTONIO RAMALHO
da Folha de S.Paulo

Pergunta: "Qual a diferença entre os arquivos de imagem com a extensão TIF e JPEG?"
(Eduardo Leopoldo)

Resposta: As imagens digitalizadas por meio de scanners e as obtidas por câmeras digitais oferecem a possibilidade de escolher um formato de arquivo de imagem. Se você gravar a mesma foto digital duas vezes, uma com a extensão JPG e a outra com TIF, não notará diferença na tela do PC.

Contudo, se imprimir a imagem, possivelmente verá a diferença. A palava-chave é compressão.

O formato JPG usa algoritmos de compressão que reduzem significativamente o tamanho físico de um arquivo em bytes. Uma mesma imagem gravada nos dois formatos apresentou 64 Kbytes em JPG e 800 Kbytes em TIF.

A compressão usada no arquivo JPG pode ser configurada pelos programas de edição de fotos, variando a qualidade da imagem.
Quanto mais compressão, mais perda de qualidade. Porém, dependendo do uso da foto, vale a pena ter uma compressão grande e ganhar em tempo de exibição. O tamanho reduzido de fotos em JPG tornou-as preferidas em sites.

Já as imagens TIF são muito usadas para impressão de alta qualidade. Uma imagem TIF nunca perde qualidade. Pode-se editar uma imagem nesse formato e gravá-la centenas de vezes. Já as imagens JPG perdem alguma coisa, pois, ao regravá-las, elas são sempre recompactadas. A escolha do formato depende do uso. Se for amador, adotar o JPG apresenta o melhor custo-benefício.

Especial
  • Tire suas dúvidas em Dicas & Truques
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página