Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
31/08/2004 - 10h13

Windows só será seguro em 2011, diz programador da Microsoft

Publicidade

da Folha Online

O sistema operacional Windows, freqüente alvo de ataques de hackers, vírus e outras ameaças digitais, só será seguro depois de 2011. Pelo menos é esse o prazo que a Microsoft diz ter para tornar seu principal produto mais seguro para usuários e corporações.

Em uma entrevista recente à revista norte-americana "Wired" (www.wired.com), Stephen Toulouse, gerente de programação de segurança da Microsoft, disse que o programa de segurança da companhia, anunciado em 2002 pelo próprio Bill Gates, deve levar pelo menos 10 anos para ser executado.

"Software escrito por humanos sempre terão erros. Nós estamos basicamente mudando a maneira que as coisas funcionam, para ajudar a tornar os programas mais resistentes contra os ataques", afirmou Toulouse.

Segundo ele, a Microsoft não está lutando uma batalha que não pode ser vencida, mas Toulouse reconhece que levará um pouco mais de tempo para que o sistema seja seguro.

"Estamos há dois anos e meio numa estrada muito maior", disse, referindo-se ao programa de segurança da companhia norte-americana, conhecido como "Computação Segura". "Essa é uma linha do tempo de pelo menos 10 anos", afirmou.

Na mesma entrevista, Toulouse também deixou escapar que usa o navegador Firefox --concorrente do Internet Explorer, e considerado mais seguro que o browser da Microsoft. "Hoje de manhã tive que instalar uma atualização do Firefox para evitar que meu micro fosse atacado", afirmou.

Especial
  • Segurança: defenda-se de vírus, hackers e espiões digitais
  • Leia mais notícias sobre falhas de segurança
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página