Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/10/2006 - 15h00

Americanos acima do peso são presos por se declararem obesos

Publicidade

da Ansa, em Miami

Agentes federais em Miami anunciaram neste sábado várias prisões por fraudes contra programas de saúde pública por parte de indivíduos que fingiam sofrer de obesidade clínica, impedidos assim de trabalhar ou se sustentarem.

O Departamento de Segurança Social informou que cerca de 35 pessoas estão envolvidas na rede que tinha sua sede em uma empresa de serviços médicos que recrutava os farsantes.

"Nossa área é a de maior números de fraudes contra o sistema de saúde federal em toda a nação", declarou o promotor para o sul da Flórida, R. Alexander Acosta.

A rede local de televisão CBS mostrou várias pessoas acima do peso enquanto eram presas, majoritariamente em suas casas. Todas elas alegavam ter pelo menos 100 libras (cerca de 45 quilos) a mais do que o peso considerado adequado para sua estatura.

Acosta disse que as perdas do seguro social somente por esse caso de fraude se aproxima dos US$ 2 milhões.

Alguns supostos pacientes recebiam pensões, por estarem temporariamente desabilitados, de até US$ 1,4 mil mensais. Os presos mostrados no programa da CBS, ainda que tenham provado sofrer de excesso de peso, não aparentavam nenhum impedimento extremo para o trabalho por causa da gordura.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre obesidade nos Estados Unidos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página