Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/01/2007 - 14h55

Misterioso odor de gás força suspensão de trens em Manhattan

Publicidade

da Folha Online

Autoridades americanas investigam nesta segunda-feira um misterioso odor de gás que se espalhou por grande parte de Manhattan, forçando o esvaziamento de vários edifícios e a suspensão de parte dos serviços de trem.

Segundo autoridades da segurança, a possibilidade de um ato de terrorismo está descartada.

O Corpo de Bombeiros começou a receber chamados com reclamações do odor por volta das 9h (12h de Brasília), segundo o porta-voz Tim Hinchey.

As autoridades portuárias de Nova York e Nova Jersey suspenderam temporariamente os serviços de trem entre Nova Jersey e Manhattan como medida de precaução.

Segundo o prefeito Michael Bloomberg, não há indicação de que o ar esteja perigoso para ser inalado, e sensores não indicam uma concentração elevada de nenhum tipo de gás natural.

Shannon Stapleton/Reuters
Carro do corpo de bombeiros em frente à estação de metrô de Times Square, em NY
Carro do corpo de bombeiros em frente à estação de metrô de Times Square, em NY
"Pode ser que seja apenas um mau cheiro", disse Bloomberg.

Segundo o prefeito, houve registro de um vazamento de gás em Greenwich Village, mas ele não seria forte o suficiente para causar o odor.

Segundo o porta-voz do Departamento de Segurança Doméstica, Russ Knocke, não há indicação de terrorismo nem informações da inteligência que indiquem ameaça iminente à cidade. Segundo ele, a agência monitora de perto a situação.

Equipes da companhia de abastecimento Edison também investigam a ocorrência do odor, mas, segundo o porta-voz Chris Olert, não há registro de mudanças anormais no sistema de distribuição. "Se houvesse um grande vazamento, nós detectaríamos no sistema", afirmou.

Em algumas áreas, prédios comerciais e de apartamentos foram esvaziados por precaução.

Em agosto passado, sete pessoas foram hospitalizadas depois que um gás misterioso se espalhou pelas regiões do Queens e de Staten Island.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre vazamentos de gás
  • Leia o que já foi publicado sobre Manhattan
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página