Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/09/2002 - 07h55

Descarrilamento de trem deixa 16 mortos e 70 feridos no Paquistão

da Folha Online

Ao menos 16 pessoas morreram e 70 ficaram feridas quando um trem expresso de passageiros descarrilou no sudoeste do Paquistão, disse uma autoridade ferroviária hoje.

Jalil Ahmad, inspetor-chefe da rede ferroviária paquistanesa, declarou que oito vagões do Expresso Quetta saíram dos trilhos quando o trem cruzava um ponte perto da cidade de Sibi, 150 km a leste de Quetta.

"Neste momento, não podemos dizer qual a causa do acidente", afirmou.

Mas outros funcionários da rede ferroviária disseram que a ponte estaria frágil e, por isso, havia caído com a aproximação do trem.

O trem de 12 vagões tinha partido de Rawalpindi, perto da capital paquistanesa, Islamabad, com destino a Quetta, afirmou Ahmad.

A rede ferroviária paquistanesa é antiga, e acidentes são recorrentes. A causa geralmente é de erro humano ou falha de equipamento.

Nos últimos dez anos, mais de 2.000 pessoas morreram em acidentes de trem no Paquistão.


Com agências internacionais
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página