Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/09/2002 - 09h07

Ataque de helicóptero israelense mata dois palestinos em Gaza

da Folha Online

Helicópteros de guerra israelenses lançaram mísseis sobre a cidade de Gaza hoje, deixando pelo menos dois militantes palestinos mortos e 25 pessoas feridas, afirmaram testemunhas palestinas e médicos.

O ataque aéreo, realizado por um helicóptero de combate Apache, destruiu um carro e danificou outro no bairro de Sheikh Radwan (zona norte de Gaza), reduto do grupo extremista islâmico Hamas, um dos líderes da Intifada (levante palestino contra a ocupação israelense da Cisjordânia e da faixa de Gaza).

Fontes do Hamas disseram que o alvo de Israel no ataque aéreo era o comandante militar Mohammed Deif, que não estava na área. Mas o bombardeio matou um assistente de Deif, Abdel-Rahim Hamdam, e outro membro do Hamas, que ainda não foi identificado.

O Hamas prometeu novos ataques suicidas para vingar a morte de seus membros. Abdel Aziz al-Rantissi, uma autoridade do grupo, disse que pelo menos 15 crianças estavam entre as dezenas de feridos. "O carro alvejado era do Hamas e houve dois mártires", disse Rantissi a jornalistas em um hospital de Gaza.

"Estamos determinados a varrer o terrorismo sionista. Eles estão atacando civis e crianças", afirmou. Israel nega a intenção de atacar civis em operações militares contra o levante palestino.

Centenas de palestinos, furiosos, se dirigiram ao local do ataque e gritavam em tom de desafio enquanto tiravam partes de corpos que estavam entre os destroços dos carros.

Com agências internacionais

Leia também:

  • Israel decide manter cerco ao quartel-general de Arafat


  • EUA acusam Iraque de ajudar Al Qaeda a desenvolver armas químicas



  • Leia mais no especial Oriente Médio
     

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página