Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/12/2002 - 07h27

Japão indicia militar dos EUA por tentativa de estupro

da Folha Online

Um oficial americano de alta patente foi indiciado hoje pela Justiça japonesa por ter tentado estuprar uma jovem filipina em Okinawa, extremo sul do Japão, informaram fontes oficiais.

A promotoria pública de Naha, capital do arqjuipélago de Okinawa, indiciou major da Marinha Michael J. Brown, 39, segundo uma fonte da promotoria.

No dia 5, os Estados Unidos negaram-se a entregar às autoridades japonesas um fuzileiro naval suspeito de tentar estuprar uma mulher em Okinawa, disse uma autoridade do Ministério de Relações Exteriores japonês.

O Japão pediu ao Exército norte-americano que entregasse a autoridades japonesas o major da Marinha acusado pela polícia local de tentar estuprar uma mulher em 2 de novembro.

A polícia não forneceu detalhes da vítima, mas a imprensa afirma que ela é filipina e que a tentativa de estupro aconteceu no carro dela.

O incidente acontece quando o ressentimento público contra a presença das forças norte-americanas é grande no Japão e na Coréia do Sul. O governo japonês sofre pressão para revisar o tratado que garante a presença das tropas dos EUA no país aliado.

Só em Okinawa, ilha que fica a 1.600 quilômetros de Tóquio, residem 26 mil dos 48 mil soldados norte-americanos estacionados no Japão.

Com agências internacionais

Leia mais notícias de Mundo
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página