Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/12/2002 - 07h37

China critica plano dos EUA de instalar escudo antimísseis

da Folha Online

A China se opõe à instalação, pelos Estados Unidos, de um escudo antimísseis a partir de 2004 e se pronuncia pela "proibição completa e eliminação de todas as armas de destruição em massa", declarou hoje uma alta autoridade chinesa, Sha Zukang, representante permanente da China nas Nações Unidas em Genebra.

Ontem, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, admitiu que o sistema de defesa antimísseis (UE)pedido pelo presidente George W. Bush para que entre em ação a partir de 2004 será colocado em prática antes que esteja completamente concluído.

Bush ordenou que a defesa norte-americana começasse a desenvolver um sistema nacional de defesa antimísseis, com bases terrestres e marítimas para lançar foguetes de intercepção, para entrar em operação em 2004.

A decisão foi tomada apesar do fracassado teste antimísseis realizado no oceano Pacífico, na semana passada. Foi o terceiro teste a falhar em oito testes do sistema.

Com agências internacionais

Leia mais notícias de Mundo
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página