Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/09/2005 - 20h36

Schröder afirma que irá fazer "todo o possível" por coalizão alemã

Publicidade

da Folha Online

O chanceler alemão, Gerhard Schröder, afirmou neste domingo que quer "fazer todo o possível" para promover a formação de uma grande coalizão governamental entre seu Partido Social Democrata (SPD) e os conservadores da União Democrata Cristã (CDU) de Angela Merkel.

"Sou a favor de que se chegue a essa coalizão", afirmou. "Vou fazer todo o possível para que se consiga", afirmou Schröder à TV pública alemã, uma semana depois das eleições legislativas, das quais não saiu um vencedor.

Segundo o chanceler, o nome de quem ocupará a Chancelaria só será decidido depois que os dois partidos decidirem colocar em marcha negociações concretas para formar uma grande coalizão.

"O tema da direção [da Chancelaria] será resolvido, mas só depois que [os dois partidos] decidirem a quem irão se aliar", afirmou.

O SPD reivindica a Chancelaria porque embora a CDU e sua aliada CSU (União Social Cristã) tenham sido os mais votados nas eleições legislativas, obtiveram apenas 35,2% --muito pouco acima dos 34,3% obtidos pelo partido de Schröder.

A CDU/CSU e o SPD devem se reunir nesta quarta-feira (28) para uma segunda rodada de consultas que podem resultar na formação de uma grande coalizão de governo.

Com agências internacionais

Especial
  • Enquete: quem será o próximo chanceler alemão?
  • Leia o que já foi publicado sobre Gerhard Schröder
  • Leia o que já foi publicado sobre Angela Merkel
  • Leia cobertura completa sobre as eleições na Alemanha
  • Leia o que já foi publicado sobre as eleições legislativas alemãs
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página