Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/08/2006 - 14h59

Queda de avião russo mata 170 pessoas; 45 eram crianças

Publicidade

da Folha Online

O avião russo Tupolev Tu-154 que caiu nesta terça-feira no leste da Ucrânia com 170 pessoas a bordo transportava 45 crianças, informou a companhia aérea Pulkovo, de São Petersburgo.

Segundo um representante da companhia aérea, 39 crianças de até 12 anos e seis bebês com menos de dois anos viajavam no avião. Elas voltavam com suas famílias das férias escolares. Até o momento não há informações a respeito de sobreviventes.

"Todos morreram, segundo os primeiros informes recebidos", disse a porta-voz ministerial Irina Andrianova.

Tetyana Lytvynova, porta-voz do Ministério de Situações de Emergência ucraniano, não pôde confirmar a informação.

O vôo da companhia Pulkovo viajava de um resort em Anapa, no mar Negro, a São Petersburgo (Rússia).

Segundo a agência Interfax, 30 corpos foram encontrados. Também foram encontradas partes do avião perto da cidade ucraniana de Donetsk, 640 quilômetros a leste de Kiev, segundo a agência RIA-Novosti, que informou ainda que equipes de resgate estão no local.

O avião russo perdeu a comunicação com a torre de controle dois minutos após enviar uma mensagem pedindo socorro, segundo fontes de serviços de emergência russos. Ao menos 170 pessoas --160 passageiros e 10 tripulantes estavam a bordo. Há informações não confirmadas de que os tripulantes seriam 11.

Segundo autoridades russas, o avião pegou fogo quando ainda estava no ar, e o mau tempo teria causado sua queda. Foram descartada possíveis ações terroristas como causa do acidente.

29.ago.1996/AP
Imagem mostra avião Tupolev Tu-154, mesmo modelo que caiu hoje com 170 pessoas
No dia 8 de julho, 131 pessoas morreram depois que um avião russo derrapou na pista de aterrissagem, bateu contra uma barreira de concreto e uma garagem e se incendiou em Irkutsk, na Sibéria. O acidente feriu 55 pessoas, segundo o Ministério de Situações de Emergência da Rússia.

No dia 2 de maio, um avião procedente de Ierevan (capital da Armênia)caiu no mar Negro, a menos de 6 km de Adler, o aeroporto do balneário russo de Sochi, seu ponto de destino. A tripulação realizava uma segunda tentativa de aterrissagem de emergência. Todas as 113 pessoas que estavam a bordo morreram.

Dois anos atrás, em 24 de agosto de 2004, dois aviões Tupolev russos caíram quase que simultaneamente ao sul de Moscou, na Rússia. Noventa pessoas morreram. Os aviões, que decolaram do mesmo aeroporto moscovita de Domodedovo, caíram em um intervalo de três minutos.

O Tupolev da companhia aérea russa Volga-Aviaexpress, com 44 pessoas a bordo, caiu na região de Tula, 180 km ao sul de Moscou. Os destroços do outro avião Tupolev, da companhia Sibir, com 46 pessoas a bordo, foram encontrados na região de Rostov, sul da Rússia.

Com agências internacionais

Leia mais
  • Conheça os acidentes aéreos com mais de 150 mortos desde 2000

    Especial
  • Veja galeria de fotos do acidente aéreo
  • Leia o que já foi publicado sobre acidentes aéreos
  • Leia o que já foi publicado sobre os aviões do tipo Tupolev
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página