sexta-feira, 06 de dezembro de 2002 TELEFONIA MÓVEL-GSM Informe publicitário
Página inicial

Está no Brasil a tecnologia mais usada no mundo

Impulso na telefonia mundial

Fatia doméstica respeitável

Clonagem foi dificultada

Cobertura nacional

Roaming internacional fácil

GSM impulsiona a produção de aparelhos

Mercado atento à 3G

A revolução do mercado

Internet sem vírus

Mensagens curtas

Benefícios

Roaming internacional fácil

Divulgação
João D’Amato aposta na oferta de serviços pelas operadoras
Uma das principais vantagens do sistema GSM é sua capacidade de roaming internacional. Ao adotar uma tecnologia padronizada, o usuário pode falar praticamente com qualquer parte do mundo.

O que muda, de um continente para outro, é a freqüência de rádio em que essas transmissões são feitas, o que significa que, se estiver no Canadá ou nos Estados Unidos, onde a faixa de freqüência é outra, talvez o usuário tenha de mudar de aparelho. Mas não precisará necessariamente trocar de chip.

O roaming internacional poderá ser automático – sem troca de aparelho ou ligações para o call center – desde que a operadora do cliente tenha contrato de roaming local com operadoras GSM de outros países.A Oi ,por exemplo, já está oferecendo roaming internacional para mais de 30 países, entre eles Estados Unidos, Itália,Reino Unido e Espanha.

Segundo Marilson Duarte Soares, consultor de Tecnologias Móveis da Siemens, ao adquirir um equipamento GSM,o consumidor terá também outra vantagem: estará comprando uma tecnologia já exaustivamente testada e consolidada mundialmente.

Dessa forma,não corre o risco de optar por um sistema que não terá evolução, como acontece com a tecnologia norte-americana CDMA , na qual a indústria decidiu não investir mais recursos.

O GSM representa 70% dos terminais mundiais. "Isso significa escala de produção, garantia de continuidade e aperfeiçoamento", justifica Soares.

Carlos Matos, gerente de Oferta para o Mercado de Consumo da TIM Brasil, acrescenta que "há mais de 40 fabricantes de aparelhos celulares GSM no mundo, cada um com diversos modelos". Matos explica que onde há competição, existe a busca por tecnologia. "As inovações chegam mais rápido e os equipamentos se tornam cada vez mais eficientes e robustos".

Estabilidade
Outro ponto favorável é o alcance e a estabilidade da rede. A plataforma GSM, junto com a tecnologia GRPS, mantém o sinal em locais fechados, situação em que a tecnologia atual normalmente fica fora de operação, além de oferecer a melhor qualidade de voz de qualquer padrão de telegrafia sem fios digital atual. Esse desempenho possibilitou uma expansão sem precedentes: hoje,mais de um em cada dez habitantes do planeta dispõe de um celular GSM.

Se o número de aparelhos cresceu vertiginosamente, aumentou também a quantidade de operadoras que utilizam esse sistema e acompanham de perto as evoluções do setor rumo à terceira geração da telefonia móvel mundial. O crescimento de empresas que oferecem celulares estimulou a concorrência e levou a outro fator positivo: a oferta de serviços diferenciados.

Agora que já possui um chip inteligente,o mercado de telefonia móvel deverá expandir o leque de serviços oferecidos ao usuário, aposta João D’Amato, diretor de Marketing Corporativo da Alcatel,empresa fabricante de equipamentos para telecomunicações.

"Os preços dos aparelhos e serviços são altamente competitivos com os equipamentos já disponíveis no mercado – CDMA e TDMA – e não devem cair mais", acredita ele. Mas as operadoras deverão anunciar "uma infinidade de serviços, o que significa levar mais por menos", argumenta D’Amato.

Marilson Duarte Soares diz que,no Brasil, a realidade da telefonia móvel é criar serviços e aplicações para o novo espaço da tecnologia GSM. A alta taxa de transmissão de dados, para ele, não será explorada de imediato.

"Hoje o grande desafio do setor é o desenvolvimento de softwares para oferecer serviços", afirma. Segundo ele, é necessário desenhar soluções para ocupar a rede já instalada. O lançamento das short message (pequenas mensagens enviadas via celular) foi um bom começo.

Agora,devem surgir outras soluções que agreguem valor ao serviço da operadora, sentencia Soares.