Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Cotidiano

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Mônica Bergamo

-

rio de janeiro

UMA CALCINHA NO REINO DE LUANA PIOVANI

"Isso não é chapéu, é uma cabeça!", corrige Luana Piovani. "E a frase mais engraçada que eu posso te dizer é que a cabeça pesa quase a mesma coisa que a calcinha." Ou cerca de dois quilos, detalha a atriz, que desfilou com uma saia transparente pelos salões como a rainha do Dada Magic Ball, o baile de Carnaval do Copacabana Palace, inspirado no pintor Salvador Dalí, anteontem no Rio.

-

"Você não vai conseguir falar algo sério comigo em pleno Carnaval. Querida, se quiser conversar, marca uma entrevista", desconversava Luana sobre qualquer assunto que não fosse a "lisonja de ser a rainha desse baile".

-

Já o seu marido, o surfista Pedro Scooby, estava disposto a discorrer sobre quase tudo. Ele acha "muito legal" o fato de os "black blocs" "saírem de casa para se manifestar, mas não gosto desse lado de guerra".

-

Já "amarrar [ladrões] no poste", como tem ocorrido no Rio, "não tem problema. Pode colocar lá e esperar a polícia chegar. Bandido tem que ser amarrado".

-

Ele quer participar das próximas manifestações. "Não sou contra a Copa, mas a favor de que a educação e a saúde sejam priorizadas." Por fim, Scooby, que leva tatuado no pescoço a frase "Tudo Passa", quer ter mais filhos. "A nossa rotina está ainda melhor [depois do nascimento de Dom, 2]. Meu sonho é ter mais dois filhos e adotar um."

-

Entre atores como Paulo Gustavo e Antonio Calloni, desfilava Lilian Ramos, a famosa "sem-calcinha" que foi fotografada ao lado do então presidente Itamar Franco no sambódromo do Rio, no Carnaval de 1994. A ex-modelo brasileira hoje vive na Itália. Exibindo um generoso decote, ela diz que veio ao Brasil apenas para visitar a família.

-

"Não vou aprontar nada [neste ano] e nem aprontei naquela época. Os outros é que aprontaram comigo."

(MAÍRA RUBIM E MARLENE BERGAMO, DO RIO)

são paulo

SABRINA SATO DEIXA O BOLO EM CASA

Depois de atravessar a avenida ("segurando o choro") como madrinha da bateria da Gaviões da Fiel, Sabrina Sato encarou o corpo a corpo de fãs, fotógrafos e seguranças em um dos camarotes do sambódromo de SP, anteontem.

-

Despida da fantasia de "bola de ouro", ela fez peregrinação até o estande da marca de beleza que licencia sua linha de esmaltes. Seu cachê para surgir e sorrir em um camarote é estimado em R$ 500 mil --mas faturou bem mais na folia deste ano, já que o pacote com o patrocinador incluía aparições em Salvador, SP e Rio e ações publicitárias.

-

Na área reservada, a apresentadora encontra o MC Gui. "Esse é um fenômeno", diz ela, enquanto posa ao lado do garoto de 15 anos, expoente do chamado funk ostentação, com letras que falam de riqueza e consumismo.

-

Descola, ali, show para o funkeiro em Salvador. "Você tem que contratar ele. Não tem noção do que é esse menino", sugere a Álvaro Aoas, dono do Bar Brahma. "Moleque, te espero lá amanhã." Indagada sobre a ausência do namorado, João Vicente, Sabrina conta que veio sozinha. "Vou trazer bolo para festa?"

-

Márcio Atala, preparador físico de Ronaldo no "Medida Certa", da Globo, desfilou na Gaviões, que homenageou o ex-jogador. E contava que, nos dez dias que antecederam o desfile, o craque perdeu quatro quilos _ está com 105,5 kg. "Ele vai chegar na Copa magrinho", garante.

-

Após o desfile, Ronaldo e companhia se refugiaram em um camarote corporativo. Paula Morais elogiou o sogro. "Ele é muito culto! Uma vez, o Ronaldo veio me mostrar um livro em que o cara se transformava numa barata, vivia uma metamorfose. Eu disse: Nossa, certeza que isso é coisa do meu sogro, essas coisas mais profundas'."

-

"É verdade. Eu adoro Kafka [Franz, autor tcheco], gosto mais de O Processo'", esclarece seu Nélio.


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV LED TV LED HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página