São Paulo, #!L#Sábado, 05 de Fevereiro de 2000


Envie esta notícia por e-mail para
assinantes do UOL ou da Folha
Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Flamengo desiste de Mozart

da Sucursal do Rio e

da Agência Folha, em Curitiba

O Flamengo anunciou ontem que desistiu da compra do volante Mozart, do Coritiba e da seleção pré-olímpica.
Nos últimos dias, o Flamengo viveu um clima de agitação pela suspeita de que houvesse desvio de verba na contratação do atleta.
Isso porque o valor anunciado inicialmente pelo negócio, US$ 7 milhões, não era o que constava no atestado liberatório do atleta -US$ 5 milhões. O Flamengo pagaria mais US$ 750 mil a Mozart pela transação.
Segundo o vice-presidente de Futebol do Flamengo, Cacau Medeiros, o clube divulgara US$ 7 milhões a pedido do presidente do Coritiba, João Jacob Mehl.
De acordo com Medeiros, o clube carioca desistiu da compra de Mozart por dois motivos.
"Primeiro, achamos que ele iria encontrar um ambiente muito confuso por causa dessa celeuma toda, e certamente seria criado sobre ele uma cobrança muito grande", disse o dirigente.
O segundo motivo, afirmou, é que Mehl, "estranha e inadvertidamente", estaria agora negando o acordo para a divulgação de um valor superior ao combinado.
"Quisemos ser gentis e não percebemos que isso poderia trazer problemas", disse Medeiros.
Mehl, que disse não querer confusão com o Flamengo, afirmou que não pedirá indenização pela desistência do clube carioca no negócio. Segundo ele, dois times da Espanha querem Mozart.


Texto Anterior: Estádio "encolhe" nas finais
Próximo Texto: Justiça Federal penhora prêmio do Vasco pelo vice do Mundial
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.