São Paulo, domingo, 05 de março de 2000


Envie esta notícia por e-mail para
assinantes do UOL ou da Folha
Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Telê inspira detalhismo em técnico

do enviado a Volta Redonda

Discípulo de Telê Santana, Sócrates é detalhista como treinador.
Conhecido como um dos jogadores mais técnicos da história do futebol brasileiro, o técnico do Cabo Frio coloca em prática durante os treinos seus conhecimentos em sua antiga carreira.
""Ensinei aos jogadores o melhor método de cobrar os pênaltis. Eles não podem tomar muita distância da bola e têm que chutar em um dos cantos, enquanto o goleiro estiver parado. Conseguindo isso, o gol é praticamente certo", disse Sócrates.
Em 1986, ele perdeu um dos pênaltis da seleção brasileira nas quartas-de-final da Copa do Mundo do México.
Na ocasião, a França eliminou o Brasil na disputa dos pênaltis. Foi a última Copa do Mundo de Sócrates.
Antes, ele havia disputado a Copa de 1982, na Espanha, quando o Brasil foi eliminado pela Itália na segunda fase do torneio.
Apesar de seu estilo democrático, Sócrates cobra muito dos jogadores nos treinos. ""Acho a repetição importante. O Telê fazia muito assim. Ele era capaz de treinar um jogador para corrigir algum detalhe por muito tempo. Com certeza, acredito que as pessoas podem aprender a jogar futebol ao longo dos anos", afirmou Sócrates. (SR)

Texto Anterior: Sócrates vê conservadorismo
Próximo Texto: Milan e Inter decidem hoje no Italiano
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.