São Paulo, quinta-feira, 28 de setembro de 2006

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

MTV é acusada de "fraude" em categoria do VMB

Cinco finalistas do prêmio interativo "Você Fez" foram anunciados antes de o prazo de inscrição de vídeos terminar

Emissora, que realiza nesta noite sua entrega anual de troféus, alega "falha de comunicação" com os concorrentes da categoria


LUCAS NEVES
DA REPORTAGEM LOCAL

A MTV realiza às 22h de hoje a sua 12 premiação anual de videoclipes (o Video Music Brasil) sob acusações de fraude e desorganização. Internautas que tentaram inscrever vídeos de sua autoria na categoria "Você Fez" (criada neste ano) não conseguiram fazê-lo por causa de informações desencontradas fornecidas pela emissora.
Para reforçar a interatividade na edição deste ano da festa, a MTV convidou seu público a gravar clipes com versões das músicas indicadas ao prêmio "escolha da audiência". Os vídeos (sem duração estipulada, mas compactados em arquivos de no máximo dez megabites) deveriam ser enviados pelo Overdrive (canal de internet em banda larga da MTV) até a última quinta-feira, dia 21, de acordo com e-mail enviado à Folha em 14/09 pela assessoria de imprensa do canal. Não foi fixado horário-limite.
O regulamento da categoria determinava que uma comissão julgadora anunciaria no próprio dia 21 os cinco finalistas. O vencedor seria conhecido durante a festa de hoje. Os indicados foram apontados na data prevista, mas o prazo para envio de clipes não foi respeitado -fato que a emissora atribuiu a uma "falha de comunicação" -, frustrando alguns internautas.
A videomaker Noemy Lobel, 43, queria submeter à apreciação do júri a sua releitura de "O Sol", da banda mineira Jota Quest. Na manhã de quarta, dia 20, ela enviou e-mail ao MTV Responde (serviço de atendimento ao espectador) perguntando o prazo máximo para envio. Às 10h do dia 21, recebeu a resposta: as inscrições seriam aceitas até as 15h daquela data. Cerca de duas horas depois, quando tentava transmitir seu trabalho, Lobel foi surpreendida pela divulgação dos finalistas no site da emissora.
"Era um jogo de cartas marcadas, uma fraude. Parece brincadeira de criança. A emissora que prega a transparência nas eleições [referência à campanha "Ovos e Tomates", que sugere que políticos corruptos sejam alvejados com esses alimentos] faz isso", disse.
Problema semelhante ao de Lobel enfrentou o educador Ariel Tomaspolski, 23, ao tentar transmitir, na manhã do dia 21, a sua versão para "Apenas um Olhar", do grupo paulista NXZero. "Levei dois dias para fazer o vídeo e gastei R$ 300 [no aluguel da câmera]. Me senti desrespeitado e impotente. Pelo que vi dos que estão lá [os cinco finalistas da categoria], acho que teria grandes chances", observou ele, que, assim como Lobel, foi convidado pela MTV a participar da festa, entregando o troféu ao vencedor da categoria. Ambos recusaram a oferta.
Na cerimônia desta noite, a entrega dos 16 prêmios será entremeada por shows de Caetano Veloso, Skank e Cachorro Grande, Pitty e Nação Zumbi, CPM 22 e NXZero, D2 e Mr. Catra, e Charlie Brown Jr. Os roqueiros de Santos lideram as indicações, com cinco. Mesmo número de menções têm CPM 22 e a parceria de D2 com Mr. Catra. Daniella Cicarelli, Marcos Mion e Cazé serão os mestres-de-cerimônias.


Texto Anterior: Frases
Próximo Texto: Outro lado: Diretoria da emissora tem discursos diferentes sobre a categoria "Você Fez"
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.