São Paulo, sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros

O texto abaixo contém um Erramos, clique aqui para conferir a correção na versão eletrônica da Folha de S.Paulo.

COMÉRCIO

Importadoras emitem 'meia nota' em feira de artigos populares em SP

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA - Na Feira 1 a 99 Brasil, evento voltado à apresentação de novos produtos para o comércio varejista popular, a Folha presenciou que algumas importadoras estavam emitindo "meia nota" aos lojistas. Colocavam na nota fiscal apenas metade do valor pago pelos produtos.
Em uma das importadoras, o valor da nota correspondia a somente um terço do valor real dos artigos. O evento foi promovido no Expo Center Norte (São Paulo), da segunda-feira até ontem. A feira apresentou produtos inusitados, que ajudavam a resolver inúmeros problemas cotidianos, como espremer um limão sem sujar as mãos, abrir um pote de azeitonas e recolher o cocô do cachorro "ecologicamente".
Os produtos curiosos, no entanto, dão impulso a um mercado sério. Segundo Eduardo Todres, criador e diretor da feira, o varejo popular movimentou em 2010 mais de R$ 9 bilhões. O número de lojas com esse perfil no país cresceu 10% no ano passado. A perspectiva para 2011 é mais modesta: "Devido à crise econômica internacional, esperamos um crescimento entre 5% e 6%. Serão aproximadamente 40 mil lojas por todo o Brasil". Dos expositores da feira, 40% são fabricantes nacionais e 60% importadores de produtos, a maioria chineses. A Feira 1 a 99 Brasil foi criada em 2000 e é promovida a cada seis meses.
Todres mencionou à Folha que um dos entraves ao crescimento do mercado varejista popular no país é o alto valor dos impostos na fabricação e na importação de produtos. A direção do evento afirmou não saber da estratégia de alguns estandes de importadoras de aplicar a "meia nota".
(LUISA PESSOA E RODRIGO MESQUITA)


Texto Anterior: Análise: 'Esperteza' poderá provocar risco à saúde do consumidor
Próximo Texto: Carga Tributária: 'Lupa no Imposto' mostrará tributo no preço dos produtos
Índice | Comunicar Erros



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.