São Paulo, quinta-feira, 01 de abril de 2010

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

NARCOTRÁFICO

Afeganistão é maior produtor mundial de maconha, diz ONU

DA REUTERS

Provedor de 90% do ópio -a matéria-prima da heroína- do mundo, o Afeganistão tornou-se também nos últimos anos o maior produtor de maconha, que é cultivada em 17 de suas 34 Províncias, segundo relatório do UNODC (agência antidrogas da ONU) revelado ontem.
Com a produtividade por hectare mais de três vezes maior que a do Marrocos -outro grande produtor-, o país é responsável por colocar de 1.500 a 3.500 toneladas da droga por ano no mercado mundial.
Segundo o UNODC, o cultivo da planta se estende por entre 10 mil e 24 mil hectares, sobretudo na conflagrada região sul afegã, alvo de ofensiva da Otan -a aliança militar ocidental- por conta da predominância de insurgentes ligados ao Taleban.
"O relatório mostra que o problema da droga no Afeganistão é mais complexo do que o tráfico de ópio", disse Antonio Maria Costa, chefe do UNODC. Como no caso do ópio, o tráfico de maconha financia a insurgência, que cobra taxas de produção e permite o trânsito seguro da droga pelo país.


Texto Anterior: Diplomacia: Lula se diz "amigo de todos" e defende ida ao Irã
Próximo Texto: Iraque: Clérigo convoca referendo para decidir apoio a futuro governo
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.