São Paulo, #!L#Sábado, 05 de Fevereiro de 2000


Envie esta notícia por e-mail para
assinantes do UOL ou da Folha
Texto Anterior | Índice

SEM CONTROLE
Sérvios e albaneses voltam a se enfrentar
Choques deixam 6 mortos em Kosovo

das agências internacionais

Forças de paz lideradas pela Otan (aliança militar ocidental) lançaram ontem bombas de gás lacrimogêneo contra kosovares de etnia albanesa, em Mitrovica (Kosovo), para tentar controlar uma manifestação no local contra o aumento da violência na cidade.
Confrontos entre sérvios e kosovares de etnia albanesa deixaram seis mortos (todos albaneses) e cerca de 20 feridos (dos quais 15 sérvios) anteontem.
Tropas francesas e italianas tentaram dispersar a multidão depois que algumas pessoas lançaram pedras na parte da cidade sob controle albanês.
Mitrovica está etnicamente dividida entre sérvios e kosovares de origem albanesa. Ao menos cinco soldados ficaram feridos nos distúrbios -um deles teve o braço quebrado.
Entre março e junho de 99, a Otan atacou a Iugoslávia, cujo governo, liderado por Slobodan Milosevic, era acusado de patrocinar uma "limpeza étnica" (eliminação ou expulsão de indivíduos devido à sua etnia) contra kosovares de etnia albanesa, que são maioria na Província.
Os bombardeios obrigaram Milosevic a aceitar a presença de uma força de paz internacional no território.
O general francês responsável pela região de Kosovo onde aconteceram os confrontos disse que imporia um toque de recolher durante três noites, a fim de evitar novos distúrbios.
"A situação está tão tensa que a segurança vem antes de qualquer outra coisa", afirmou o general Pierre de Saqui de Sannes.
Os kosovares de etnia albanesa acusaram os soldados da força de paz de não conseguir garantir proteção à comunidade albanesa que vive no setor de Mitrovica sob controle sérvio.
Eles pedem acesso irrestrito a casas e propriedades que pertenciam a kosovares de etnia albanesa antes da guerra, mas as forças de paz limitaram seu acesso, com medo de mais violência.
Um porta-voz francês disse que os problemas começaram na quinta-feira à noite, aparentemente quando um agressor lançou uma granada contra um restaurante sérvio. Em seguida, dois albaneses foram encontrados mortos.


Texto Anterior: Alemanha: CDU já recebia doações ilegais nos anos 70
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.