Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Opinião

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Gilberto Kassab

Expo 2020 a todo vapor

As vantagens econômicas, já realçadas por Haddad, e o ganho social estão claros no projeto arquitetônico do espaço de eventos de Pirituba

Quando embarcamos, naquela noite de novembro de 2011, rumo a Paris, para iniciar a luta pela Expo 2020, levávamos mais do que um sonho na bagagem. Além da carta de recomendação da presidenta Dilma, ia a certeza de que nossa São Paulo e o Brasil eram a sede ideal para o evento.

Já como prefeito, Fernando Haddad fez questão de mostrar seu envolvimento e seriedade com o projeto, nomeando a vice Nádia Campeão para comandá-lo. E ele próprio já se aproximou de protagonistas da América do Norte e do Sul, para defender a candidatura de São Paulo.

A escolha acontecerá em novembro deste ano, entre cinco concorrentes: Ayutthaya (Tailândia), Dubai (Emirados Árabes), Esmirna (Turquia), Iekaterinburgo (Rússia) e a nossa capital.

Na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), onde foi oficializada nossa candidatura, há grande expectativa pelo projeto Pirituba, que segue a todo vapor, em estudo, análise e complementação pela equipe de Haddad.

Afinal, será o terceiro maior evento do mundo em impacto econômico e cultural, atrás somente da Copa e da Olimpíada. O centro de convenções de Pirituba estará entre os maiores e mais modernos espaços de eventos do mundo.

A Expo Universal, que acontece desde 1851, é referência em ideias inovadoras de gestão pública e em intercâmbio econômico e científico, tecnológico e cultural entre os países. A ideia inicial, a ser reforçada e ampliada pelo prefeito, é transformar Pirituba num centro de expansão, de crescimento, de empreendimentos sociais geradores de emprego, de ascensão social e de conforto para os paulistanos.

O BIE (Birô Internacional de Exposições), que nasceu em 1928 em Paris, é quem analisa as propostas e indica o vencedor desses eventos, que reúnem 161 países.

Na edição de 1889, Paris ganhou a Torre Eiffel, construída especialmente para o evento e para comemorar os cem anos da Revolução Francesa. A China, último país a sediar a Expo Universal, recebeu, durante os seis meses do evento, 70 milhões de visitantes.

Essas vantagens econômicas, também já realçadas por Haddad, e o ganho social para a região de Pirituba já estão claros na maquete e projeto arquitetônico feitos para o terreno de 5 milhões de metros quadrados. Aí também será construído o Expo Center, o maior centro de exposições da América Latina.

Um detalhe ainda a ressaltar: a área para Exposição Mundial em São Paulo será de 2,7 km². A próxima Expo (Milão, 2015) terá área de 1,1 km². E o total da área do Parque Expo, nas zonas leste e oeste, será de 5 milhões de metros quadrados.

Há no terreno do Parque Expo estações de trem da Linha 7 - Rubi da CPTM. Além disso, a área está no trajeto da Linha 6 - Laranja do Metrô, que deve ser concluído até 2020 pelo governo do Estado, outro grande parceiro dessa empreitada. As quatro entradas principais dessa grande área serão integradas ao transporte público por ônibus, metrô e CPTM.

O Centro de Exposições de Pirituba terá um espaço para exposições de 160 mil m², além de um centro de convenções com 4.500 lugares, centro de imprensa, nova estação ferroviária, terminal rodoviário e estacionamento com 10 mil vagas.

Até o anúncio da sede da Expo 2020, o prefeito Haddad e a presidenta Dilma têm tudo para levar adiante, com sucesso, essa empreitada brasileira. Principalmente depois de eventos como a Copa e os Jogos Olímpicos, que exporão a capacidade empreendedora de nosso país.

De alguma maneira, todos nós brasileiros estaremos nessa luta, torcendo por Pirituba, por nossa cidade e pelo Brasil!

-

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do jornal. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. debates@uol.com.br


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página