Ribeirão Preto, Sexta-feira, 21 de Abril de 2000


Envie esta notícia por e-mail para
assinantes do UOL ou da Folha
Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

ACONTECE
Morte de Cristo deve reunir 35 mil na região

MARCELO TOLEDO
da Folha Ribeirão

Pelo menos 35 mil pessoas são esperadas hoje na "Caminhada ao Calvário" em Ribeirão Preto, Araraquara e Serrana, em um evento que cria, também, a "indústria do teatro amador", devido ao grande número de participantes da encenação - 550 somente nas três cidades.
O evento é tradicional em toda a região, relembrando a trajetória de Jesus Cristo para o calvário, passando pela crucificação até chegar à ressurreição.
Curiosamente, o menor público é esperado em Ribeirão Preto (5.000 pessoas), a maior cidade da região, onde a grande novidade neste ano é a mudança no trajeto da caminhada, que vai ter cerca de três quilômetros.
A encenação começa às 16h30, na esplanada do Theatro Pedro 2º, e vai passar pelo calçadão da rua General Osório e, em seguida, pelas ruas Garibaldi, Henrique Dumont, avenida Meira Júnior, até chegar ao Teatro de Arena, local do encerramento do evento.
A 41ª edição da caminhada tem como diferencial, segundo a Secretaria de Cultura de Ribeirão, uma caracterização mais teatral, graças ao diretor Jaime Paez, que assume pela primeira vez o espetáculo neste ano.
"Caracteriza bem a morte e a ressurreição de Cristo. Ela está mais teatralizada que em anos anteriores", afirmou o secretário Francisco Pagano.
A encenação deve durar uma hora e meia.
São cem pessoas participando da encenação. A secretaria espera que cerca de 5.000 pessoas assistam a caminhada.
O DTT (Departamento de Transporte e Trânsito) de Ribeirão Preto informou que preparou um esquema de segurança para evitar possíveis tumultos durante o evento.

Região
Em Serrana, a "Noite Sagrada", que existe há mais de 30 anos, tem cerca de 300 figurantes e atores amadores da cidade.
O evento, que acontece às 21h no recinto da Expocana, tem estrutura para receber até 10 mil pessoas sentadas. A encenação vai ser encerrada com uma queima de fogos.
Já para Araraquara é aguardado o maior público da região -20 mil pessoas- na encenação que acontece no estádio da Fonte Luminosa (da Ferroviária).
Com uma campanha filantrópica, o evento arrecadou no ano passado 6.200 quilos de alimentos. No total, 150 pessoas participam como figurantes da peça.
"A caminhada é muito bonita e é importante para as pessoas se lembrarem da história de Cristo", afirmou César Augusto Esteves, um dos organizadores da caminhada em Araraquara.
A apresentação começa às 19h30. Além da religião católica, a apresentação deste ano vai contar com outras religiões cristãs, devido à Campanha da Fraternidade.
Um grupo de jovens da cidade começou a se reunir em 1982 para realizar a encenação, que já passou por uma praça da cidade, por um estádio até chegar à Fonte Luminosa, onde acontece atualmente.
A Polícia Militar preparou um esquema especial de segurança para o evento que vai contar com reforço de homens.


Texto Anterior: Mortes
Próximo Texto: Exposição: Cabral é destaque até maio em Franca
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.