São José dos Campos, Domingo, 28 de Novembro de 1999


Envie esta notícia por e-mail para
assinantes do UOL ou da Folha
Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Interesse por curso aumenta

free-lance para a Folha Vale

O interesse de profissionais de áreas distintas por um curso técnico é um indício da globalização, que necessita de profissionais polivalentes e dinâmicos.
A opinião é do diretor de serviços da Escola Técnica Estadual Professor Alfredo de Barros Santos, de Guará, Rodolfo Figueiredo.
Ele afirmou que, neste semestre, por exemplo, o curso de segurança no trabalho tem entre os alunos um engenheiro civil, um advogado, um administrador e, ainda, um economista.
O vice-diretor da Fuvest, José Atílio Vanin, 55, tem a mesma opinião. De acordo com ele, o profissional do futuro não deverá ficar restrito a sua área de estudo.
"Com isso, aumentam as chances de sucesso para um número maior de pessoas", afirmou.


Texto Anterior: ETEs fazem vestibulinho no Vale
Próximo Texto: Formação tem espaço no mercado
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Agência Folha.