Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/07/2012 - 05h00

Regente de 20 anos leva prêmio máximo do Festival de Campos

Publicidade

DE SÃO PAULO

O estudante de regência de Salvador Yuri Azevedo, 20, recebeu ontem o prêmio Eleazar de Carvalho do 43º Festival de Inverno de Campos do Jordão. A cerimônia foi na Sala São Paulo, na capital.

Segundo Arthur Nestrovski, diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) e do festival, é a primeira vez que um regente ganha esse prêmio. "Yuri é o próximo grande maestro brasileiro", disse.

Maior prêmio de música erudita da Secretaria de Estado da Cultura, o Eleazar de Carvalho é concedido ao estudante de maior destaque no Festival de Inverno.

"Foi mais do que uma unanimidade; foi uma unanimidade entusiasmada", afirmou Nestrovski, ao chamar Azevedo ao palco.

A regente titular da Osesp, Marin Aslop, então passou a batuta a Azevedo, que conduziu os estudantes na bela peça "Batuque" (1930), de Lorenzo Fernandez. Ao fim, a plateia, que encheu a sala, aplaudiu o rapaz de pé.

Ele vai receber bolsa de US$ 1.400 (R$ 2.830) para frequentar por nove meses o Pea

body Institute of Music, em Baltimore (Maryland, EUA), além de ter a viagem paga.

Outros quatro jovens brasileiros ganharam a oportunidade de estudar fora do país. A estudante chinesa Huan Jing, por sua vez, foi escolhida para ser regente-assistente da Osesp por dois meses.

O Festival de Inverno de Campos de Jordão segue até o próximo domingo, dia 29, quando se encerra com concerto da Osesp.

Eduardo Anizelli/Folhapress
Estudante de regência de Salvador Yuri Azevedo, 20
O estudante de regência de Salvador Yuri Azevedo, 20
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página