Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/09/2012 - 04h01

Sobreloja do Copan tem novo centro cultural

Publicidade

SILAS MARTÍ
DE SÃO PAULO

Enquanto um letreiro nos Jardins fala de amor e capitalismo, outro neón enorme no centro anuncia "Aurora".

A peça de Carmela Gross, instalada na sobreloja do Copan, ilumina um novo espaço expositivo fora do circuito comercial e dentro de uma rede que aos poucos se alastra pelo território bem menos glamouroso do centro antigo.

Na esteira de projetos de residência artística como o Capacete, também no Copan, as projeções coloridas da rua General Jardim e a Casa Phosphorus, na praça da Sé, o Pivô, em plena reforma para abrir no dia 8 de setembro, terá 3.500 metros quadrados de área expositiva em três pisos.

É uma área maior do que o Masp e a Pinacoteca do Estado, os dois espaços mais amplos da cidade.

Ali, num andar esquecido do prédio de Oscar Niemeyer, entrecortado por vigas e colunas, começa a tomar forma um centro cultural que propõe aos artistas intervenções de peso.

Na mostra de abertura do espaço, "Da Próxima Vez Eu Fazia Tudo Diferente", com curadoria de Diego Matos, artistas como Eduardo Coimbra, Vitor Cesar, Adriano Costa, entre outros, encampam o embate com a arquitetura complexa do espaço entre uma e outra laje do Copan.

"Parece um labirinto", diz Marta Ramos-Yzquierdo, uma das organizadoras do Pivô. "A ideia é reativar o espaço trabalhando com a memória desse prédio, um projeto que nunca foi realizado de fato, e pensar o que significa estar no centro de uma cidade."

Pensando na vida urbana, Daniel De Paula reconstrói pontos de ônibus dentro do espaço expositivo. Guilherme Peters fará uma performance de skate, subindo e descendo rampas amarrado aos pilares de concreto do edifício.

Outros artistas intervêm na construção, como Amália Giacomini, que usa fitas pretas sobre os pilares para descolar a perspectiva, e Nazareno Rodrigues, que faz uma escada para lugar nenhum.

DA PRÓXIMA VEZ EU FAZIA TUDO DIFERENTE
QUANDO abre 8/9, às 12h; de ter. a dom., das 12h às 20h; até 14/10
ONDE Pivô (av. Ipiranga, 200, loja 48, tel. 0/xx/11/3255-8703)
QUANTO grátis

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página