Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
31/01/2013 - 04h40

Maria de Medeiros faz sua estreia no teatro brasileiro

Publicidade

MARCO AURÉLIO CANÔNICO
DO RIO

Presença frequente no Brasil como atriz de cinema, diretora e cantora, a portuguesa Maria de Medeiros ("Pulp Fiction") nunca havia atuado num palco nacional.

"Vai ver as pessoas achavam que eu não podia fazer o sotaque brasileiro", diz ela, em tom bem-humorado (e com sotaque português).

Mas ela pode, sim, interpretar uma personagem brasileira sem que a pronúncia seja um problema, como mostra em "Aos Nossos Filhos", sua primeira peça no Brasil, que estreia na sexta-feira (1º), em Brasília, segue para o Rio em 1º/3 e deve ir a São Paulo em abril.

Guilherme Hoffmann/Divulgação
Laura Castro (à esq.) e Maria de Medeiros, que estão no espetáculo "Aos Nossos Filhos"
Laura Castro (à esq.) e Maria de Medeiros, que estão no espetáculo "Aos Nossos Filhos"

A atriz interpreta Vera, ex-guerrilheira torturada e exilada durante a ditadura brasileira, mãe de uma garota que anuncia que sua companheira de 15 anos está grávida do primeiro filho do casal.

A notícia traz à tona os preconceitos que a mãe escondia sob sua postura liberal, e a coloca em conflito com a filha --que, por sua vez, também libera seu lado pouco tolerante, numa grande lavagem de roupa suja familiar.

"Este projeto surgiu como grande coincidência para mim", diz a atriz, que foi convidada pela colega de cena (e roteirista), Laura Castro, enquanto participava da última Mostra de Cinema de SP.

"Eu estava apresentando um documentário chamado 'Repare Bem', que fiz para a Comissão de Anistia aqui no Brasil e que trata da viúva de um guerrilheiro que foi torturado e assassinado, e das relações dela com a filha."

Na mesma época, Maria fez um show no Museu da Imagem e do Som para promover seu disco "Pássaros Eternos", que tem uma faixa cantada em homenagem à personagem de seu filme: "Aos Nossos Filhos", de Ivan Lins --canção que dá título à peça e que lhe serve de trilha.

Todas essas coincidências a levaram a aceitar um papel que deveria ser de Marieta Severo, que colaborou com o roteiro e chegou a participar de leituras, mas estava com a agenda lotada quando o dinheiro para o projeto surgiu.

"Maria acrescentou muito a esse trabalho, me trouxe milhões de referências", diz Laura Castro. A atriz e roteirista, por sua vez, pôs em cena um pouco de sua experiência: como sua personagem, também é casada com outra mulher, com quem tem três filhos.

"Ainda é difícil para as famílias assimilarem, e para as pessoas assumirem. Tem muito preconceito ainda."

AOS NOSSOS FILHOS
QUANDO estreia sexta-feira (1º), às 21h; sex. e sáb., às 21h; dom., às 20h
ONDE Centro Cultural Banco do Brasil - Brasília (SCES, trecho 2, conjunto 22, Asa Sul, Brasília; tel. 0/xx/61/3108-7600)
QUANTO R$ 6
CLASSIFICAÇÃO 14 anos

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página