Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/03/2013 - 11h56

Clive Burr, ex-baterista do Iron Maiden, morre aos 56 anos

Publicidade

DE SÃO PAULO

O ex-baterista da banda britânica Iron Maiden, Clive Burr, morreu enquanto dormia em sua casa, segundo informou nesta quarta-feira (13) o site oficial da banda inglesa.

Clive Burr tinha 56 anos e sofria de esclerose múltipla.

O baixista e fundador do grupo, Steve Harris, lamentou a morte de Burr. "Clive era um velho amigo de todos nós. Era uma pessoa maravilhosa e um baterista incrível que fez uma valiosa contribuição para o Iron Maiden quando estávamos começando", disse o músico.

O vocalista Bruce Dickinson também comentou sobre seu ex-colega de banda. "Clive era um grande cara e um homem que realmente viveu a vida ao máximo. Mesmo durante os dias mais sombrios da sua doença, Clive nunca perdeu seu senso de humor e irreverência. Este é um dia muito triste e todos os nossos pensamentos estão com sua família."

Clive Burr entrou no Iron Maiden em 1979 e gravou os discos "Iron Maiden" (1980), "Killers" (1981) e "The Number of the Beast" (1982).

Divulgação
O baterista Clive Burr (à esq, em baixo), com os demais integrantes do grupo Iron Maiden
O baterista Clive Burr (à esq, em baixo), com os demais integrantes do grupo Iron Maiden
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página