Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/04/2013 - 09h05

Integrantes do Balé Nacional de Cuba fogem para os Estados Unidos durante turnê

Publicidade

DE SÃO PAULO

Sete integrantes do Balé Nacional de Cuba (BNC) abandonaram a companhia de dança durante uma recente turnê por cidades mexicanas, em busca de refúgio nos Estados Unidos, segundo informações de um portal de notícias de Miami.

De acordo com a publicação "Café Fuerte", dirigida à população de ascendência cubana que vive na Flórida, seis dos sete desertores cruzaram a fronteira mexicana até o Texas e se encontram em Miami desde a última sexta-feira (29), após solicitarem asilo político ao governo norte-americano.

"Foi a decisão mais difícil que já tomei em toda a minha vida, mas não podemos pensar no passado, temos que olhar para o futuro. Estávamos decididos buscar uma vida artísitica melhor e uma melhor situação econômica para nossas famílias", declarou ao site a bailarina Annie Ruiz Díaz, de 24 anos.

Além dela, chegaram a Miami Ariadnni Martín, de 20 anos, Randy Crespo, de 22, Luis Víctor Santana, de 23, Edward González, de 23, e José Justiz, de 20. Um sétimo membro do grupo de dança, Alejandro Méndez, 20, permanece em território mexicano.

Segundo a publicação, a delegação do Balé Nacional de Cuba viajou à Cidade do México no último dia 17 de março, data de início da turnê internacional da companhia em 2013.

Para os próximos meses, a companhia de dança deve se apresentar ainda na Guatemala e na Nicarágua. Entre setembro e novembro, o grupo tem recitais marcados na Espanha.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Ford Fiesta Ford Fiesta Confira aqui! A partir de R$ 15.749

Notebook Notebook LED, HDMI e USB, a partir de 14x de R$ 62,23

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página