Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Arte contemporânea do Brasil terá leilão exclusivo em Nova York

Publicidade

A arte contemporânea do Brasil terá a partir da próxima semana seu primeiro leilão exclusivo em uma das grandes casas de Nova York, a Sotheby's, em mais uma mostra do crescimento do país no cenário internacional.

A exposição e leilão "Brasil Vívido", que inclui quase 50 obras de 16 artistas brasileiros, acontecerá de 10 a 29 de maio e colocará o país na vitrine do principal mercado mundial de venda de arte contemporânea, ao lado de Londres.

"Esta é a primeira vez que realizamos um evento deste tipo em Nova York e é particularmente importante para a Sotheby's", disse o porta-voz da tradicional casa de leilões, Dan Abernethy.

Até o momento, a arte do Brasil integrava os leilões da primavera do hemisfério norte, dedicados à América Latina, que este ano acontecerão entre 28 e 29 de maio. As obras dos artistas do país, no entanto, continuarão sendo oferecidas nesses eventos.

A outra grande casa internacional de leilões, Christie's, realizará suas vendas de arte latino-americana nos dias 29 e 30 deste mês.

Para o primeiro evento exclusivamente brasileiro, os especialistas da Sotheby's decidiram exibir um leque o mais amplo possível do dinâmico cenário das artes plásticas do país.

Foram selecionadas obras de artistas famosos no cenário internacional, como Adriana Varejão, Carlito Carvalhosa e Miguel Rio Branco.

Carvalhosa, por exemplo, se apresentou pela primeira vez nos Estados Unidos em 2011 com a monumental instalação sonora "A Soma dos Dias" no Museu de Arte Moderna (MoMA) de Nova York.

Varejão também já expôs no MoMA, além de ter mostras individuais na galeria Lehmann Maupin de Nova York, onde é uma das artistas de destaque.

Além dos nomes já conhecidos entre os colecionadores americanos, aparecem artistas jovens promissores como Lucas Arruda e Maria Nepomuceno.

A venda é organizada na denominada S2, a galeria de arte global contemporânea da Sotheby's que tem um espaço na sede nova-iorquina da casa de leilões.

"Com o Brasil virando um crescente foco para a Sotheby's, estamos felizes de levar a riqueza criativa e sofisticação da arte contemporânea do país a nossa galeria S2", afirmou Katia Mindlin Leite-Barbosa, presidente da Sotheby's Brasil.

A Sotheby's tem mostrado um crescente interesse pelo Brasil nos últimos anos, com a abertura de um escritório em São Paulo em 2011 e a expansão de seus funcionários no país.

"Com uma sede em São Paulo e representantes no Rio de Janeiro, a Sotheby's é a única casa de leilões internacional com uma presença formal no Brasil", destacou Katia Mindlin Leite-Barbosa.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade saramago

Envie sua notícia

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Todo Bob Cuspe
Todo Bob Cuspe
Angeli
De:
Por:
Comprar
Getúlio (1945-1954)
Getúlio (1945-1954)
Lira Neto
De:
Por:
Comprar
Sete Anos
Sete Anos
Fernanda Torres
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página