Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/08/2010 - 01h40

"Bróder", de Jeferson De, recebe o prêmio de melhor filme em Gramado

Publicidade

DE SÃO PAULO

O filme "Bróder", do diretor Jeferson De, foi o grande vencedor da 38ª edição do Festival de Cinema de Gramado. O longa levou os três principais "Kikitos" (nome do troféu) da noite: o de melhor filme, melhor diretor e melhor ator -- Caio Blat. A trilha sonora, de João Marcello Bôscoli e Jeferson De, e a montagem, desenvolvida pelo diretor e por Quito Ribeiro, também foram premiadas.

Edison Vara /Divulgação - Pressphoto
Jeferson De (à esq.) e Caio Brat (à dir.) receberam os prêmios de melhor diretor e melhor ator por "Bróder", na 38ª edição do Festival de Gramado
Jeferson De (à esq.) e Caio Brat (à dir.) receberam os prêmios de melhor diretor e melhor ator por "Bróder"

O longa "Não se Pode Viver Sem Amor", de Jorge Duran, recebeu os prêmios de melhor atriz (Simone Spoladore), melhor roteiro e melhor fotografia.

O filme "O Último Romance De Balzac", de Geraldo Sarno, levou o prêmio de melhor direção de arte e o prêmio especial do júri. Já "O Diário de uma Busca", de Flávia Castro, foi eleito o melhor filme pela crítica e pelo júri estudantil.

Entre os longa-metragens estrangeiro, o documentário chileno "Mi Vida Con Carlos", de German Berger, recebeu os prêmios de melhor filme, melhor fotografia e também foi eleito o melhor filme pelo júri popular.

O curta "Haruo Ohara", de Rodrigo Grota, levou os Kikitos de melhor diretor e melhor filme, que dividiu com "Carreto", de Claudio Marques e Marilia Hughes. Este último também foi premiado como o melhor roteiro no formato.

Veja a lista completa dos ganhadores:

Longa-metragem brasileiro

Melhor Filme de Longa-metragem: "Bróder", de Jeferson De

Melhor Diretor: Jeferson De, por "Bróder"

Melhor Ator: Caio Blat, por "Bróder"

Melhor Atriz: Simone Spoladore, por "Não Se Pode Viver Sem Amor"

Melhor Roteiro: Dani Patarra e Jorge Dúran, por "Não Se Pode Viver Sem Amor"

Melhor Fotografia: Luis Abramo, por "Não Se Pode Viver Sem Amor"

Melhor Trilha Musical: João Marcello Bôscoli e Jeferson De, por "Bróder"; e Jonh Ulhoa, Ruben Jacobina e Diamantino Feijó, por "Ponto Org"

Melhor Montagem: Quito Ribeiro e Jeferson De, por "Bróder"

Melhor Direção de Arte: Ana Dominoni, por "O Último Romance De Balzac"

Prêmio Especial do Júri: "O Último Romance De Balzac", de Geraldo Sarno

Prêmio da Crítica: Melhor Filme: "Diário De Uma Busca", de Flavia Castro

Prêmio do Júri Popular: Melhor Filme: "180º", de Eduardo Vaisman

Prêmio Do Júri Estudantil: Melhor Filme: "Diário De Uma Busca", de Flavia Castro

Longa-metragem estrangeiro

Melhor Filme: "Mi Vida Con Carlos", de German Berger

Melhor Diretor: Nicolas Pereda, por "Perpetuum Mobile"

Melhor Ator: Gabino Rodriguez, por "Perpetuum Mobile"; e Martin Piroyansky, por "La Vieja De Atras"

Melhor Atriz: Alma Blanco, por "La Yuma"

Melhor Roteiro: Pablo Jose Meza, por "La Vieja De Atras"

Melhor Fotografia: Miguel Littin, por "Mi Vida Con Carlos"

Prêmio Especial Do Júri: "La Yuma", de Florence Jangey

Prêmio da Crítica: Melhor Filme: "El Vuelco Del Cangrejo", de Oscar Ruiz Navia

Prêmio do Júri Popular: Melhor Filme: "Mi Vida Com Carlos", de German Berger

Prêmio do Júri Estudantil: Melhor Filme: "El Vuelco Del Cangrejo", de Oscar Ruiz Navia

Premiação - curta 35 MM e digital

Melhor Filme: "Carreto", de Claudio Marques e Marilia Hughes; e "Haruo Ohara", de Rodrigo Grota

Prêmio Especial do Júri: "Os Anjos Do Meio Da Praça", de Alê Camargo e Camila Carrossine

Melhor Diretor: Rodrigo Grota, por "Haruo Ohara"

Melhor Ator: Flavio Bauraqui, por "Ninjas"

Melhor Atriz: Elisa Volpatto, por "Um Animal Menor"

Melhor Roteiro: Claudio Marques e Marilia Hughes, por "Carreto"

Melhor Fotografia: Carlos Ebert, por "Haruo Ohara"

Melhor Trilha Musical: Marcelo Fruet, Boto Stanley e Augusto Canani, por "Amigos Bizarros do Ricardinho"

Melhor Montagem: Paulo Sacramento, por "Ninjas"

Melhor Direção de Arte: Vicente Saldanha, por "Amigos Bizarros do Ricardinho"

Prêmio da Crítica: Melhor Filme: "Babás", de Consuelo Lins

Prêmio do Júri Popular: Melhor Filme: "Ratão", de Santiago Dellape

Prêmio Estudantil: Melhor Filme: "Haruo Ohara", de Rodrigo Grota

Mostra Panorâmica:

Melhor Filme: "Terra Deu, Terra Come", de Rodrigo Siqueira

Mostra Gaúcha - Prêmio Assembléia Legislativa De Cinema (35mm E Digital)

Melhor Filme: "Um Animal Menor", de Pedro Harres e Marcos Contreras

Melhor Direção: William Meyer, por "Eu e o Cara da Piscina"

Melhor Roteiro: Pedro Harres e Marcos Contreras, por "Um Animal Menor"

Melhor Fotografia: Bruno Polidoro, por "Um Animal Menor" e "Peixe Vermelho"

Melhor Direção de Arte: Lívia Santos, por "Eu e o Cara da Piscina"

melhor Música: Jean Pierre Caron e Rafael Sarpa, por "Peixe Vermelho"

melhor Montagem: Denise Marchi, por "Eu e o Cara da Piscina"

Melhor Edição de Som: Gabriela Bervian, por "Peixe Vermelho"

Melhor Produtor/ Produtor Executivo: Ana Adams, por "Peixe Vermelho"

Melhor Ator: Fernando Mantelli, por "Limbo"

Melhor Atriz: Araci Esteves, por "Maldita"

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página