Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/12/2010 - 07h29

Aos 102 anos, arquiteto Oscar Niemeyer se lança em carreira musical

Publicidade

ROBERTO KAZ
DE SÃO PAULO

Uma semana atrás, o mundo foi surpreendido com o anúncio de uma nova obra de Oscar Niemeyer. Em vez dos famigerados edifícios de formas curvas, o arquiteto enveredava, agora, pela seara musical.

Disputas políticas mantém fechadas obras projetadas por Niemeyer

Niemeyer acabava de lançar "Tranquilo com a Vida", um samba de raiz, feito em parceria com seu enfermeiro, Caio Almeida, e com o músico Edu Krieger. Aos 102 anos, parecia o momento ideal para iniciar uma nova carreira.

A canção --que estará disponível dentro de uma semana no site da Deckdisc-- fora composta um ano antes, durante o período em que o arquiteto foi hospitalizado, para uma cirurgia no intestino. Distante das pranchetas, Niemeyer depositou sua verve criativa na letra, que diz: "Hoje em dia minha vida vai ser diferente/ Calça de pijama, camisa listrada, sandália no pé". O enfermeiro Almeida se encarregou da melodia.

Edu Krieger --filho do compositor e maestro Edino Krieger-- conta que a música foi abandonada até que, meses atrás, recebeu uma gravação, "a cappella", cantada pelo enfermeiro (Krieger é amigo de Caíque Niemeyer, bisneto do arquiteto). "Coube a mim colocá-la na métrica e compor a segunda parte", explicou.

Krieger diz que, ao ouvir o resultado final, Niemeyer ficou inseguro. "Mas, no dia seguinte, deu carta branca para que eu a mostrasse a outras pessoas." O músico não propôs nova parceria. "Seria abusivo. Já estava bom demais assim."

Ricardo Cassiano/Folhapress
O arquiteto Oscar Niemeyer
O arquiteto Oscar Niemeyer, que se lançou em carreira musical aos 102 anos após compor música no hospital
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página