Saltar para o conteúdo principal
 
05/12/2011 - 20h00

Autor destaca passagens absurdas da política no Brasil

da Livraria da Folha

Em "A História das Constituições Brasileiras", o historiador Marco Antonio Villa analisa cada uma das constituições que o Brasil já teve. Sem esquecer o contexto histórico, o livro examina revoltas, voto feminino e ditadura, além de um capítulo dedicado ao Supremo Tribunal Federal. O volume apresenta passagens absurdas e contraditórias da política nacional.

Monte sua estante com best-sellers de história
Visite a estante dedicada às ciências humanas
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

"Não é exagero afirmar que os últimos 200 anos da nossa história têm como ponto central a luta do cidadão contra o Estado arbitrário. E, na maioria das vezes, o Estado ganhou de goleada", afirma o autor.

Marco Antonio Villa também assina "Jango: um Perfil", "1932: Imagens de uma Revolução", "História Geral", "História do Brasil", "A Revolução Mexicana", "Vida e Morte no Sertão", "Canudos, História em Versos" e "Carta do Achamento do Brasil".

Leia um trecho do exemplar.

*

Divulgação
Livro traz análise de cada constituição que o país já teve e seu contexto
Análises de cada constituição que o país já teve e seu contexto histórico

Em vários momentos da nossa história vivemos sob regimes ditatoriais. As liberdades democráticas vigoram por períodos muito restritos. Na verdade, só teríamos democracia plena após a promulgação da Constituição de 1988. Portanto, ao falar de uma sociedade democrática, nosso universo temporal, infelizmente, é muito restrito.

Fiz uma análise sumária das Constituições, destacando seus pontos mais relevantes. Enfatizei as "pegadinhas" autoritárias dos textos constitucionais e como foram usadas para limitar as liberdades. Não é exagero afirmar que os últimos 200 anos da nosaa história têm como ponto central a luta do cidadão contra o Estado arbitrário. E, na maioria das vezes, o Estado ganhou de goleada.

Os poderes Executivo e Legislativo estão presentes no livro, mas é o Judiciário o personagem principal. Foi silenciado muitas vezes, é verdade. Contudo, aceitou ser calado. Nunca deu - e o livro fornece exemplos - lições de cidadania, de defesa intransigente do cidadão e das liberdades. Ao contrário, deixou de exercer a sua função primordial, a aplicação da justiça.

*

"A História das Constituições Brasileiras"
Autor: Marco Antonio Villa
Editora: LeYa
Páginas: 160
Quanto: R$ 29,75 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página