Saltar para o conteúdo principal
 
17/10/2016 - 16h50

'É muito coerente essa percepção de crise generalizada', diz autor de 'O Poder da Ação'

WILLIAM MAGALHÃES
da Livraria da Folha

Divulgação
Autor de "O Poder da Ação" apresenta em livro equação que mede a capacidade de qualquer pessoa prosperar financeiramente
Paulo Vieira apresenta em livro equação que mede a capacidade de qualquer pessoa prosperar financeiramente

Autor do best-seller "O Poder da Ação", o master coach Paulo Viera lança pela editora Gente o livro "Fator de Enriquecimento".

Em entrevista à Livraria da Folha ele falou sobre as publicações e comentou sobre a sensação de frustração geral comum nos dias de hoje.

"De fato, as pessoas que estão menos pessimistas realmente são poucas. O atual cenário econômico do país é um dos principais motivos que contribuem para essa sensação de frustração em boa parte da população", afirma o escritor.

Vieira também fala sobre porque para algumas pessoas é tão difícil manter o foco e apresenta o fator de enriquecimento, uma equação de três variáveis que mede a capacidade de qualquer pessoa prosperar financeiramente.

Paulo Vieira é presidente da Febracis (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico). O livro "O Poder da Ação" está há 47 semanas não consecutivas no ranking dos mais vendidos da revista "Veja" e foi um dos mais lidos em 2015.

Leia a entrevista a seguir.

Divulgação
Paulo Vieira, autor dos livros "O Poder da Ação" e "Fator de Enriquecimento"
Paulo Vieira, autor dos livros "O Poder da Ação" e "Fator de Enriquecimento"

*

A sensação de frustração ou de que está todo mundo mal é geral?

Existe senso comum que está tudo difícil. E, de fato, as pessoas que estão menos pessimistas realmente são poucas. O atual cenário econômico do país é um dos principais motivos que contribuem para essa sensação de frustração em boa parte da população. Pesquisas indicam que mais da metade dos brasileiros tem pelo menos uma dívida. Temos uma pessoa endividada em boa parte dos lares brasileiros. E tem muitas pessoas que tomam empréstimos consignados para filhos ou familiares endividados. Temos outro fenômeno que contribui para essa sensação de frustração. Há cerca de 10 anos era muito comum os jovens deixarem a casa dos pais para terem uma vida independente. Hoje, o cenário mudou. Muitos adultos que se separaram ou os negócios quebraram, voltaram a morar com os pais por causa da atual situação financeira. É muito coerente essa percepção de crise generalizada.

Dinheiro alivia a sensação de frustração?

Existem várias frustrações, mas as três piores frustações são profissional, financeira e pessoal. Quando a frustração é financeira, o clímax é o desemprego. A frustração social se diz respeito ao caos urbano que o país está instalado. Esse tipo atinge mais os homens de 18 a 35 anos, da classe C, que ficam mais expostos às intempéries econômicas e de mercado. Em muitos casos, quando a pessoa tem dinheiro em vez de pagar uma conta ou saldar uma dívida prefere aliviar a frustração por meio do consumo. Já a frustração profissional está instalada junto a crise e o medo da baixa de ofertas de emprego.

Por que é tão difícil para algumas pessoas se manterem focadas?

Eu costumo sempre traçar um paralelo com a criança. Se pedir a uma criança fazer a lição de casa, a tendência que ela se distraia com tudo é grande. Ela vai ouvir a televisão ligada, o cachorro latindo o irmão brincando. O mesmo acontece com o adulto emocionalmente imaturo. Ele se dispersa e não mantêm o foco. Já o adulto maduro mantem o foco.

Foco é a capacidade de adiar o prazer imediato para ter um prazer maior depois. Vou dar um exemplo. No caso de um estudante que está focado em passar em um vestibular e o amigo o chama para sair, ele precisa se manter focado e tem em mente que naquele momento ele está adiando o prazer de sair com os amigos para mais tarde, quando passar no vestibular, desfrutar de um prazer maior. As pessoas precisam ter bons motivos para se manterem atentas ao foco.

Os ensinamentos de "O Poder da Ação" servem para leitores de qualquer idade?

Os ensinamentos estão mais direcionados para quem já está na adolescência. É um livro que leva ao alto desempenho e é direcionado às pessoas que querem acelerar esse processo de realização. O livro dá ferramentas e conceitos para isso.

Qual é o público alvo de "O Poder da Ação"? Como é o perfil dos leitores?

É direcionado às pessoas que entendem que seu sucesso não depende só do ensino tradicional e que sabem que têm potencial para avançar na velocidade que gostaria. "O Poder da Ação" é o passaporte para os sonhos e vai ajudar no desenvolvimento da alta performance, manter o foco e criação de novos hábitos e crenças.

Os leitores te mandam retornos sobre mudanças de vida conquistadas a partir do livro?

Eu sempre recebo retornos. É muito comum pessoas chegarem até mim e contarem que, a partir de exercícios propostos no livro, conseguiram destravar uma área da vida. Muitas sabem como abrir a porta, mas não sabem como colocar luz. Ouço muitos casos de pessoas que restauram casamento, largam as drogas e conquistam emprego após anos fora do mercado de trabalho.

O que é o fator de enriquecimento?

É uma equação matemática que mede a capacidade de qualquer pessoa prosperar financeiramente. São três variáveis: renda mensal, a capacidade de poupar para investir e ficar rico e a rentabilidade sobre esse investimento. Eu criei essa equação há dois anos e testei. Criei um fator de conversão dessas três variáveis e isso culminou numa graduação de enriquecimento, que vai desde o morto ou perdido ao bilionário.

Quais são os modelos mentais financeiros? Há algum prejudicial? É possível mudá-lo?

Existem 21 modelos mentais financeiros, como, por exemplo, a pessoa que acha que não tem muito a aprender. O primeiro passo para a mudança é se conscientizar e analisar o modelo em que está inserido. Depois é preciso mudar o hábito pobre ou que leva à pobreza, reprogramando as crenças de identidade e de capacidade e merecimento.

*

FATOR DE ENRIQUECIMENTO
AUTOR Paulo Vieira
EDITORA Gente
QUANTO R$ 29,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página