Saltar para o conteúdo principal
 
16/02/2017 - 15h02

Michel Laub aborda linchamentos virtuais em 'O Tribunal da Quinta-Feira'

da Livraria da Folha

Divulgação
Após ter mensagens vazadas na internet, publicitário paulista é alvo de linchamento virtual nas redes sociais
Após ter mensagens vazadas na internet, publicitário paulista é alvo de linchamento virtual nas redes sociais

Um publicitário faz confissões por e-mail ao melhor amigo. Os textos falam de sexo e amor, casamento e traição, usando termos e piadas ofensivas que contam a história de uma longa crise pessoal.

A ex-mulher, traída, vaza as mensagens machistas, escrotas e comprometedoras do marido. Assim começa o conflito em "O Tribunal da Quinta-Feira", novo romance de Michel Laub.

Homofobia, assédio, violência, empatia, liberdade, privacidade e solidariedade são alguns dos temas trabalhados no livro pelo escritor ao longo da trama.

José Victor, o protagonista, é exposto e julgado pelo tribunal virtual que acusa e o condena por meio de uma avalanche de comentários reprovando suas falas e posturas nas conversas.

Olhares sobre a epidemia da Aids sob o ponto de vista de personagens contemporâneos também estão presentes no livro, como adiantou o autor em entrevista à Livraria da Folha em maio de 2016.

Autor do aclamado "Diário da Queda", Michel Laub já publicou livros como "A Maçã Envenenada", "O Gato Diz Adeus" e "Longe da Água".

*

O TRIBUNAL DA QUINTA-FEIRA
AUTOR Michel Laub
EDITORA Companhia das Letras
QUANTO R$ 29,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página