Saltar para o conteúdo principal
 
07/10/2017 - 17h49

Saiba quais são os pontos de honra necessários para falar bem em público

da Livraria da Folha

Para muita gente, falar em público é sinônimo de nervosismo, mãos suadas e coração acelerado. Mas a experiência não precisa ser tão desafiadora (e traumática). É o que garante o professor de comunicação Izidoro Blikstein em "Falar em Público e Convencer".

Divulgação
Em livro, Izidoro Blikstein apresenta dicas para preparar uma apresentação competente e persuasiva
Em livro, Izidoro Blikstein apresenta dicas e estratégias para preparar uma apresentação competente e persuasiva

No livro, publicado pela editora Contexto, o autor explica que cada vez mais - por motivos profissionais, acadêmicos ou políticos - surge o desafio de falar em público. Mas como construir um bom diálogo e convencer a audiência se a simples imagem de ficar diante de rostos desconhecidos é assustadora?

"É importante lembrar que falar em público não resulta de um 'passe de mágica' nem é um dom que vem do berço. Falar bem em público é uma habilidade que adquirimos com prática, treinamento e aplicação dos pontos de honra da comunicação".

Izidoro Blikstein ressalta que os pontos de honra são: ficha mental bem planejada em ensaiada, uso de estratégias de persuasão, eficácia da expressão verbal e corporal, utilização correta e funcional dos recursos audiovisuais, estilo claro e conciso, domínio dos ouvintes e do cenário.

Ele afirma que deixar de seguir os tópicos pode resultar em uma péssima apresentação. Para ajudar o leitor, o autor apresenta em "Falar em Público e Convencer" o passo a passo para preparar uma apresentação competente e persuasiva.

Além disso, ele inclui, no final do livro, uma orientação prática e atualizada sobre o bom uso das técnicas comunicativas e dos slides produzidos em PowerPoint.

"Cada um de nós tem seu estilo e seu modo próprio de expressão. Não se trata de mudar nosso jeito de falar. Trata-se, isso sim, de conduzir o leitor a conscientizar-se de suas qualidades de expressão verbal e corporal e a evitar falhas, cacoetes e ruídos que podem prejudicar a comunicação". Um conselho é praticar exercícios filmados. Assim, é possível avaliar o próprio desempenho.

Izidoro Blikstein é consultor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, professor adjunto da Escola de Administração de empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas. Um dos maiores especialistas em comunicação do Brasil, tem experiência na área de comunicação, atuando com semiótica e intertextualidade.

*

FALAR EM PÚBLICO E CONVENCER
AUTOR Izidoro Blikstein
EDITORA Contexto
QUANTO R$ 37,90 (preço promocional *)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página