Saltar para o conteúdo principal
 
07/02/2018 - 10h11

Em 'Sonata em Auschwitz', mulher descobre passado nazista da família

da Livraria da Folha

Divulgação
Mulher investiga passado nazista da família em romance histórico com tramas que se entrelaçam
Mulher investiga passado nazista da família em romance histórico com tramas que se entrelaçam

A escritora Luize Valente intercala tramas que se passam em diferentes épocas para construir a narrativa de "Sonata em Auschwitz".

A história começa com o nascimento de um bebê judeu no complexo de extermínio Auschwitz-Birkenau. Na mesma data, um jovem oficial alemão compõe uma sonata.

A partir da saga do soldado para salvar o bebê da morte, os leitores conhecem a jovem portuguesa Amália, que decide conhecer a verdade sobre suas origens, que o próprio pai renegou.

Após sua bisavó alemã revelar uma partitura para ela, Amália começa a investigar o passado nazista da família.

A dúvida de que o avô, dado como morto antes do fim da Segunda Guerra, possa estar vivo no Rio de Janeiro leva a protagonista a atravessar o oceano e a conhecer um casal de judeus sobreviventes do Holocausto.

Episódios históricos como a Noite dos Cristais, a saga dos judeus húngaros da Transilvânia, os guetos na Hungria e Romênia e os trens para Auschwitz servem como pano de fundo para a história.

Nascida no Rio de Janeiro e de ascendência portuguesa e alemã, Luize Valente é escritora e jornalista. A inspiração para o "Sonata em Auschwitz" nasceu, segundo a autora, depois de conversar com uma sobrevivente do nazismo que teve um bebê no campo de concentração e não sabe se a criança sobreviveu.

Luize passou quinze meses ampliando a sua pesquisa sobre a temática judaica, que também está presente em seus livros anteriores "Uma Praça em Antuérpia" e "O Segredo do Oratório".

*

SONATA EM AUSCHITZ
AUTORA Luize Valente
EDITORA Record
QUANTO R$ 40,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página