Saltar para o conteúdo principal
 
17/07/2011 - 09h30

Homofobia deve ser tratada como doença, diz analista

da Livraria da Folha

Durante o 12º Simpósio da AJB (Associação Junguiana do Brasil), em 2004, analistas debateram uma possível abordagem junguiana da sexualidade, principalmente na relação entre parceiros do mesmo sexo. Fruto desse encontro, "Estudos Sobre a Homossexualidade", recém-lançado pela editora Vetor, traz seis apresentações sobre o tema.

Reprodução
Resultado das palestras no 12º Simpósio da AJB pelo Instituto C.G.Jung/MG
Resultado das palestras no 12º Simpósio da AJB em 2004

Segundo o analista Gustavo Barcellos, "o uso do termo 'homofobia' denota que estamos, como outras formas de fobias, diante de uma doença. O termo está em uso no jargão psicológico desde 1972, quando apareceu pela primeira vez no livro de George Wienberg, 'Society and the Healthy Homosexual'. Assim, podemos entender que ela segue os padrões básicos das dinâmicas fóbicas: medo intenso, associado a repulsa, que leva que leva gradativamente a um empobrecimento da vida emocional e do comportamento social."

A homofobia, de acordo com Barcellos, "pode facilmente avançar para um sentimento de ódio, beirando níveis quase paranoicos de rechaço que podem gerar comportamentos violentos."

O livro faz parte da coleção "Anima Mundi", série que pretende levar ao grande público os temas discutidos pela comunidade científica.

Siga a Livraria da Folha no Twitter

*

"Estudos Sobre a Homossexualidade"
Editora: Vetor
Páginas: 140
Quanto: R$ 38,25 (preço promocional, válido por tempo limitado*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página