Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/12/2012 - 15h18

Preço do minério de ferro sobe após atingir menor patamar em outubro

Publicidade

DA REUTERS

O preço do minério de ferro voltou a subir nesta terça-feira (4), após atingir na véspera o menor patamar desde outubro, com siderúrgicas chinesas limitando as compras pontuais num momento em que o tempo frio limita a demanda por aço.

A atividade de construção civil diminui durante o inverno na China, cortando a demanda por produtos siderúrgicos.

Nesta terça-feira, porém, o minério com teor de 62 % de ferro subiu US$ 1,80, para US$ 117,10 por tonelada, segundo o Steel Index, depois de sucessivas quedas.

Na segunda-feira (3), o índice recuou para US$ 115,30, o menor ponto desde 19 de outubro.

"Os preços do aço estão enfraquecidos e isso está provocando um efeito de contágio nos preços do minério de ferro. A construção tem parado completamente no norte da China", disse um trader de Cingapura.

A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, anunciou na segunda-feira um plano de investimentos para 2013 menor que o deste ano, com meta de produção também mais modesta.

A gigante brasileira planeja investir US$ 16,3 bilhões no próximo ano, 24 % a menos do orçado para 2012, num momento em que a mineradora vê perspectivas de uma demanda "moderada" por minério de metais. A empresa espera produzir 306 milhões de toneladas, menos que as 312 milhões previstas para 2012.

"A perspectiva de expansão mais lenta da demanda global por minerais e metais a médio prazo requer disciplina rígida na alocação de capital e maior foco em maximizar eficiência e redução de custos ", disse a Vale na segunda-feira.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Fogão Fogão Encontre o perfeito para você, a partir de R$ 256,41

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página