Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Bill Gates passa Slim e volta a ser homem mais rico do mundo após 6 anos

Publicidade

Cofundador da Microsoft e detentor de uma fortuna avaliada em US$ 72,7 bilhões (quase R$ 150 bilhões), o empresário Bill Gates voltou a ocupar o posto de homem mais rico do mundo nesta quinta-feira (16), ao ultrapassar o mexicano Carlos Slim, dono da America Movil, segundo o ranking diário da agência de informações financeiras Bloomberg.

Gates voltou à liderança mesmo tendo "perdido" US$ 120,9 milhões de sua fortuna hoje porque Slim teve uma queda maior, de US$ 1 bilhão. O cofundador da Microsoft não ocupada o posto desde 2007.

As fortunas variam de um dia para o outro porque o ranking é atualizado diariamente de acordo com o desempenho das empresas de capital aberto no mercado de ações. Como grande parte do dinheiro desses grandes empresários estão ligados a empresas listadas em Bolsas de Valores em todo o mundo, as fortunas podem variar da noite para o dia.

Mike Blake - 27.mai.2003/Reuters
O presidente da Microsoft, Bill Gates, durante palestra na Universidade da Califórnia, em San Diego, nos EUA
O cofundador da Microsoft, Bill Gates, durante palestra na Universidade da Califórnia, em San Diego, Estados Unidos

Em 2013, por exemplo, a fortuna de Gates aumentou em US$ 10 bilhões. A de Slim, por outro lado, diminuiu em US$ 3,1 bilhões.

O crescimento do patrimônio de Gates está ligado, em parte, à alta de 28% no preço das ações da Microsoft nos últimos 12 meses, pois um quarto de sua fortuna está ligada à gigante de tecnologia que criou.

A queda de Slim, à baixa no valor dos papéis da America Movil devido à nova lei das comunicações mexicana.

Aprovada no Congresso no mês passado, o projeto obriga empresas de comunicação que tenham mais de 50% do mercado a dividir suas operações. A America Movil, que no Brasil é dona da Claro, tem 70% dos clientes da telefonia móvel e 80% das linhas de telefonia fixa do México e será diretamente afetada pela medida.

BUFFETT VS. ORTEGA

A disputa entre os maiores bilionários do mundo também teve alterações nas 3ª e 4ª posições neste ano.

Dono do fundo de investimentos Berkshire Hataway, o empresário Warren Buffett passou o espanhol Amancio Ortega e, com uma fortuna estimada em US$ 59,7 bilhões, voltou a ocupar o terceiro lugar.

Rick Wilking - 30.abr.2011/Reuters
Warren Buffett, presidente do conselho e presidente-executivo do Berkshire Hathaway
Warren Buffett, presidente do conselho de administração e presidente-executivo do Berkshire Hathaway: US$ 59,7 bi

Buffett é o presidente do conselho de administração e presidente-executivo do Berkshire Hathaway. O fundo, que recentemente se associou aos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles, do fundo 3G Capital, para comprar a empresa de condimentos norte-americana Heinz.

O "oráculo de Omaha", como é conhecido no mercado financeiro, possui investimentos em diversas empresas como a Coca-Cola, a P&G (Procter & Gamble), a American Express e o banco Wells Fargo.

Apesar de ter perdido US$ 577,3 milhões nesta semana, Buffett já acumulou US$ 11,8 bilhões de ganho com a alta das ações em que aplica somente neste ano.

Amancio Ortega, por sua vez, é dono da rede de lojas de roupas "fast fashion" Zara. Ela é controlada pela Inditex, na qual o espanhol possui 59% das ações. Ele acumula perdas de US$ 1,3 bilhão somente hoje e US$ 1,5 bilhão no ano, mas sua fortuna ainda é estimada em US$ 56 bilhões.

BRASILEIROS

Entre as cem primeiras posições do ranking da Bloomberg, há apenas dois brasileiros: o empresário Jorge Paulo Lemann e o banqueiro Joseph Safra.

Alan Marques - 16.jan.2013/Folhapress
Jorge Paulo Lemann, homem mais rico do Brasil, no Palácio do Planalto após encontro com a presidente Dilma Rousseff
Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil, no Palácio do Planalto após encontro com a presidente Dilma Rousseff

Lemann é o homem mais rico do Brasil e 33º do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 20,9 bilhões. Ele controla a AB InBev (Anheuser-Busch InBev) com outros dois brasileiros: Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Eles são sócios no fundo 3G Capital, que adquiriu a Heinz junto com Buffett neste ano e a rede de lanchonetes fast food Burger King em 2010, e também são donos das Lojas Americanas.

Maior cervejaria do mundo, a AB InBev é dona da brasileira AmBev, que detém as marcas Brahma, Skol, Antartica, Bohemia, Original, Budweiser e Stela Artrois.

Safra é o 86º homem mais rico do mundo e possui uma fortuna de US$ 12 bilhões. Ele é dono do Banco Safra, o nono maior do Brasil.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade Vozes do Magro
Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Maonomics
Loretta Napoleoni
De:
Por:
Comprar
Economia Nua e Crua
Charles Wheelan
De:
Por:
Comprar
A Linguagem Corporal dos Líderes
Carol Kinsey Goman
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página