Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/05/2010 - 10h00

Governo espanhol reduz gastos públicos em 7,7% para 2011

Publicidade

DA EFE, EM MADRI

O governo espanhol aprovou nesta sexta-feira um limite de despesas para o próximo ano de 122,256 bilhões de euros (cerca de US$ 151 bilhões), o que representa um corte de 7,7% no orçamento inicial de 2010, como parte das medidas adotadas contra a crise econômica que afeta o país.

Em entrevista coletiva após o conselho de ministros desta sexta-feira, a vice-presidente primeira do governo, María Teresa Fernández de la Vega, disse que o corte segue a linha da "necessária austeridade" à qual o Executivo está obrigada neste momento de crise.

María Teresa acrescentou que no ano que vem será necessário um "grande esforço de contenção" para, assim, acelerar o processo de consolidação fiscal e reduzir o deficit para abaixo de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2013.

"Estamos fazendo o que temos que fazer, não o que gostaríamos de fazer e o estamos fazendo por responsabilidade", afirmou María Teresa.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página