Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/04/2011 - 08h25

Venda de carros no Japão tem maior queda desde 1974

Publicidade

DA REUTERS

As vendas de veículos no Japão caíram em mais de um terço em março, depois do devastador terremoto que atingiu o país.

As vendas, excluindo miniveículos de 660 cilindradas, recuaram 37%. A líder do mercado, Toyota Motor, viu uma queda de 46%, informou a Associação Japonesa de Concessionárias nesta sexta-feira. O recuo foi o maior declínio mensal da indústria desde fevereiro de 1974.

As vendas da Nissan Motor baixaram 38% e as da Honda Motor, 28%.

Muitas das fábricas automotivas japonesas estão fechadas após o terremoto e o tsunami de 11 de março, já que não conseguem receber peças de seus fornecedores.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página