Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/02/2012 - 07h27

Farc agradece e aceita apoio de Dilma Rousseff; veja

Publicidade

DA EFE

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram neste domingo o fim da prática de sequestros e a libertação de maneira conjunta dos dez militares e policiais que seguem em seu poder como reféns.

Os anúncios aparecem em uma declaração pública que o Secretariado do Estado-Maior Central do grupo rebelde divulgou nas "montanhas da Colômbia" e divulgou em seu site.

"Anunciamos que a partir da data banimos a prática deles (sequestros) em nossa atuação revolucionária", informaram as Farc, que disseram que a decisão obriga a guerrilha a derrogar uma "lei" do grupo rebelde de 2000 sobre seu financiamento com o sequestro de civis.

Vídeo

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página