Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/10/2012 - 10h51

Furacão Sandy causa estragos em Cuba e segue para Bahamas

Publicidade

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O furacão Sandy, que avança pelo mar do Caribe nesta semana, causou danos materiais em sua passagem por Cuba, nesta quinta-feira. Até o momento, não há informações de vítimas do fenômeno meteorológico no país.

Sandy, que foi elevado a furacão de categoria 2 na quarta (25), causou uma morte no Haiti e outra na Jamaica. Em Cuba, cinco províncias ficaram em alerta e 55 mil pessoas foram retiradas das áreas de risco.

Segundo a Defesa Civil, a tempestade e as enchentes posteriores afetaram 200 mil pessoas em todo o país. O fenômeno saiu do território cubano durante a madrugada e deverá atingir as Bahamas ainda hoje.

A passagem do furacão pelo golfo do México provocará mau tempo na região da costa da Flórida, nos Estados Unidos, durante a manhã de sábado. A região está em alerta pelo risco de tempestade tropical.

Na semana que vem, a tempestade pode provocar chuvas fortes no nordeste americano, na região de cidades como Washington e Nova York.

MORTOS

Apesar da intensidade do furacão, que teve ventos de até 175 km/h, houve dois mortos em sua passagem pelo Caribe.

Na Jamaica, um homem idoso foi morto após uma pedra cair sobre sua casa. O país sofreu estragos por causa das chuvas, mas sem danos graves.

Sandy também causou uma morte de uma mulher que foi levada pela correnteza quando tentava atravessar um rio em Camp Perrin, no sudoeste do Haiti.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página