Coreias vão desfilar unificadas na abertura da Olimpíada de Inverno

DE SÃO PAULO

Os governos da Coreia do Sul e do Norte entraram em acordo e as delegações dos dois países vão desfilar unidas na cerimônia de abertura da Olimpíada de Inverno sob uma bandeira que mostra a península unificada.

Em comunicado conjunto divulgado nesta quarta-feira (17), os dois países anunciaram ainda que o time feminino de hóquei no gelo dos dois países será unificado.

Crédito: Amy Sancetta - 10.fev.2006/Associated Press Atletas das duas Coreias se apresentam juntos na abertura dos Jogos de Inverno de Turim em 2006
Atletas das duas Coreias se apresentam juntos na abertura dos Jogos de Inverno de Turim em 2006

Na restante das modalidades, os países competirão separados. Até o momento, há dois atletas norte-coreanos confirmados, os patinadores, Ryom Tae-ok e Kim Ju-sik.

Além dos atletas, a delegação norte-coreana também incluirá 550 pessoas, sendo 230 animadoras de torcida, 140 artistas e 30 atletas do Taekowndo, que farão uma demonstração.

A competição acontecerá entre 9 e 25 de fevereiro na cidade sul-coreana de PyeongChang.

ACORDO

O acordo entre Pyongyang e Seul começou a ser negociado após o ditador norte-coreano Kim Jong-un expressar em seu discurso de Ano Novo no dia 1º sua intenção de liberar os atletas para participarem da competição.

Seul respondeu elogiando a declaração e convidando a Coreia do Norte para um encontro no dia 9, no qual foi confirmada a participação. Representantes dos dois países tiveram uma nova reunião nesta quarta para acertarem os detalhes.

As duas Coreias mandaram times unificados para grandes eventos internacionais duas vezes, ambas em 1991 —a primeira, um campeonato de tênis de mesa em Chiba, no Japão; o segundo, o Campeonato Juvenil Mundial de futebol em Portugal.

Durante a detente dos anos 2000, seus atletas marcharam juntos nas cerimônias de abertura e encerramento de nove eventos esportivos internacionais, incluindo as Olimpíadas e os Jogos Asiáticos, mas sem atuar com times unificados.

A prática ocorreu nas Olimpíadas de Verão de Sidney-2000 e de Atenas-2004, assim como em edições de Inverno, mas foi interrompida em 2007, após a piora na relação entre os vizinhos.

Já o time de hóquei unificado é inédito em uma Olimpíada —isso tinha acontecido apenas em uma competição menor de tênis de mesa e em uma partida de categoria de base no futebol, ambas em 1991.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.