Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
21/10/2010 - 18h02

Crocodilo provocou queda de avião que matou 20 pessoas no Congo

Publicidade

DE SÃO PAULO

Um acidente de avião ocorrido no final de agosto na República Democrática do Congo, em que 20 pessoas morreram, foi causado por um crocodilo que era transportado de maneira ilegal e que escapou da bagagem na qual havia sido colocado, desatando pânico no interior da aeronave.

Avião cai em casa no Congo e deixa ao menos 19 mortos

O avião, que partiu de Kinshasa (capital) e se dirigia à cidade de Bandundu, caiu em cima de uma casa --no momento desabitada-- pouco antes de chegar ao seu destino.

A ausência de problemas mecânicos havia intrigado os responsáveis por investigar as causas da queda da aeronave no dia 25 de agosto.

AP
Um crocodilo foi responsável pela queda de aeronave na República Democrática do Congo que matou 20 pessoas
Um crocodilo foi responsável pela queda de aeronave na República Democrática do Congo que matou 20 pessoas

Agora, no entanto, segundo o jornal britânico "Telegraph", o inquérito da investigação e o testemunho do único sobrevivente do acidente revelaram que o pânico causado pelo crocodilo foi a causa da queda.

O crocodilo havia sido escondido dentro do avião em uma bolsa esportiva por um passageiro, que planejava vendê-lo.

Ao escapar, provocou uma correria em direção à cabine, fazendo os pilotos perderem o controle da aeronave.

O Turbolet Let L-410, de fabricação tcheca, desestabilizou-se "apesar dos esforços desesperados do piloto", diz o inquérito.

O crocodilo sobreviveu à queda, mas foi morto logo em seguida com uma machadada na cabeça, ainda segundo o relato.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página