Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/11/2010 - 10h29

Israel detém vice-presidente do Parlamento palestino

Publicidade

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

As forças de segurança israelenses detiveram, na manhã desta quarta-feira, Mahmoud Al Ramahi, deputado do grupo islâmico Hamas e vice-presidente do Conselho Legislativo Palestino.

Acompanhe a Folha no Twitter
Conheça a página da Folha no Facebook

Ramahi foi detido em uma operação em Ramallah, na Cisjordânia. Segundo um comunicado dos militares, ele foi detido por envolvimento em "atividade do Hamas", sem maiores detalhes. Israel considera o Hamas uma organização terrorista.

O deputado fora libertado em março de 2009, após 32 meses. Ele foi preso junto a dezenas de membros do movimento islamita, em ação israelense após a captura, em junho de 2006, do soldado israelense Gilad Shalit, que ainda permanece sob poder de milícias na faixa de Gaza.

O deputado Ahmed Bahar, vice-presidente do Parlamento em Gaza, classificou a prisão de "parte de uma guerra ampla e sistemática contra nossa nação". O Hamas classificou a detenção do deputado como um "novo crime israelense" e afirmou que a medida não levará a concessões no caso Shalit. O Hamas exige a libertação de mil presos palestinos em troca do soldado.

A mulher de Ramahi confirmou a prisão e disse que alguns dos militares tinham o rosto coberto por máscaras.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página