Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/10/2011 - 07h37

Brasil tentou abrir exceções ao banir minas terrestres

Publicidade

DE BRASÍLIA

O Brasil procurou abrir "exceções" e criar uma "flexibilização" no texto final do tratado que previa o banimento de minas terrestres antipessoais, mostra reportagem de Fernanda Odilla e Rubens Valente, publicada na edição deste domingo da Folha.

A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Telegramas confidenciais do Itamaraty obtidos pela Folha mostram que, por meio do negociador brasileiro, José Viegas Filho, atual embaixador do Brasil em Roma e ex-ministro da Defesa do governo Lula, o Brasil tentou no primeiro semestre de 1997 permitir o uso dos explosivos em "áreas estratégicas", como regiões de fronteira.

Os telegramas fazem parte dos documentos que a Folha divulga neste domingo no "Folha Transparência", um projeto na Folha.com que torna públicas informações de interesse da sociedade.

Leia mais na edição da Folha deste domingo.

Assine a Folha

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página